Início Estudos e Pesquisas Confira os passaportes eleitos os mais valiosos do mundo em 2021

Confira os passaportes eleitos os mais valiosos do mundo em 2021

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

happy female traveler with suitcase on red background
Foto de Gustavo Fring on Pexels.com

O Henley Passport Index (HPI), um dos mais importantes rankings globais de países em relação à liberdade de viagens internacionais de seus cidadãos, publicou, no início do ano, seu mais recente relatório.

O HPI foi criado em 2006 e se tornou referência para o setor de negócios em todo planeta. Ele usa dados fornecidos pelas companhias aéreas por meio da Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA, em inglês), além de análises técnicas de especialistas contratados. O estudo cobre 199 passaportes e 227 destinos de viagem.

A classificação leva em consideração a quantidade de países com isenção de visto para passageiros com determinado passaporte. Outros critérios analisados são o número de países que o documento dá acesso para cada tipo de visto e a frequência de vezes que o passaporte mudou ao longo ao longo dos anos.

Ásia

Com a crise do coronavírus se alastrando pela Europa e América, os países asiáticos se distanciaram ainda mais na liderança os passaportes mais poderosos do mundo. O Japão permanece no topo do ranking, com isenção de visto em 191 países em todo o mundo. Os cidadãos japoneses também estão entres os passageiros com menor incidência de restrições temporárias para entrada ao redor do mundo.

De acordo com reportagem CNN, os Emirados Árabes Unidos foram o país que mais cresceu no ranking. A nação do oriente médio assinou, nos últimos anos, diversos acordos de viagens internacionais e passou da 62ª colocação em 2016, quando tinha isenção de visto em 35 destinos, para o 16º lugar em 2021, quando atingiu a marca de 173 países com isenção de visto para seus cidadãos.

Europa & EUA

Após o pódio asiático, a Europa ocupa as próximas posições da lista. Dividem a quarta colocação um grupo de quatro países do continente. Itália, Finlândia, Espanha e Luxemburgo têm prerrogativas delivre acesso em 188 destinos internacionais. Em seguida estão Dinamarca e Áustria, com 187 pré-liberações.

Os Estados Unidos, nação mais poderosa do mundo, aparece na sétima posição, ao lado de Reino Unido, Noruega, Bélgica, Nova Zelândia e Suíça. Cidadãos desses países possuem isenção de visto em 185 localidades.

Brasil

O Brasil aparece na 19ª colocação, ao lado de Argentina e Hong Kong, que possui passaporte próprio. Titulares do passaporte brasileiro podem viajar livremente para 170 destinos, a maioria deles na Europa e no continente americano.

Nosso país está atrás de 43 nações ao redor do mundo. Estamos melhores que quase todas as nações da América do Sul, com exceção do Chile, que ocupa a 15ª posição com visto livre em 174 países.

Piores

Nas últimas posições do ranking da HPI estão países cujos moradores são banidos na maior parte do mundo. Na maioria dos casos são governados por ditaduras ou vitimados por guerras intermináveis. Na última posição, por exemplo, está o Afeganistão, cujo passaporte permite a entrada em apenas 26 países. Um pouco melhor está o Iraque, com acesso a 28 países, Síria, com 29, e Paquistão, com 32.

Os melhores passaportes em 2021 são:

1. Japão (191 destinos)

2. Cingapura (190)

3. Coreia do Sul, Alemanha (189)

4. Itália, Finlândia, Espanha, Luxemburgo (188)

5. Dinamarca, Áustria (187)

6. Suécia, França, Portugal, Holanda, Irlanda (186)

7. Suíça, Estados Unidos, Reino Unido, Noruega, Bélgica, Nova Zelândia (185)

8. Grécia, Malta, República Tcheca, Austrália (184)

9. Canadá (183)

10. Hungria (181)

Os piores passaportes para viajar:

103. Coreia do Norte (39 destinos)

104. Líbia, Nepal (38)

105. Territórios Palestinos (37)

106. Somália, Iêmen (33)

107. Paquistão (32)

108. Síria (29)

Confira a lista completa clicando aqui