Início Empresas Aéreas Confirmado o voo do gigante avião Antonov An-124 para Belo Horizonte

Confirmado o voo do gigante avião Antonov An-124 para Belo Horizonte

Um gigante avião da era soviética, o Antonov An-124 Ruslan está de volta em terras mineiras, em um voo especial que tem tudo a ver com o estado.

ATUALIZADO DIA 14/09 COM NOVOS HORÁRIOS DE CHEGADA

O AN-124, como “irmão menor” do Antonov An-225 Mriya, também é um dos maiores cargueiros do mundo. Ele é operado por diversas empresas, sendo a maior delas a Volga-Dnepr, da Rússia, que tem 12 jatos do modelo na frota. E um desses irá voar para Belo Horizonte, num voo especial que tem tudo a ver com o estado de Minas Gerais.

A última vez que o An-124 visitou Confins foi em 2004 como mostra este registro, na ocasião, o fretamento foi realizado por um laboratório mineiro. Outras visitas ocorreram na década de 1990, todas sempre operadas pela aérea russa Volga-Dnepr.

O fretamento do gigante terá por fim trazer um Moinho de Bolas que será utilizada numa mina em Conceição do Mato Dentro, na região central de Minas Gerais.

O An-124 irá buscar a peça na Alemanha, que será embarcada no Aeroporto de Hahn, um aeródromo secundário de Frankfurt, com ênfase em cargas e companhias de baixo-custo, similar ao de Viracopos. Este aeroporto também está próximo de Luxemburgo.

Da Alemanha, o Antonov seguirá no dia 15 para Cabo Verde, onde fará uma parada técnica para reabastecimento na Ilha do Sal, ponto de apoio conhecido dos aviões que vêm e vão para a América do Sul.

Da Ilha do Sal, o An-124 para Confins, onde pousa às 08h00 do dia 16, quinta-feira. O número de voo é o VDA-5146/VI5146. Já o voo de volta decolará de Belo Horizonte às 21h00 do mesmo dia. Todos os horários acima são no horário de Brasília.

Onde posso ver o gigante?

Para quem interessar em ver o gigante, será possível em alguns pontos diferentes:

O primeiro deles é o chamado morrinho, no retorno para o aeroporto, como mostrado neste guia e marcado no Google Maps como “Mirante retorno Pós-CNF (cabeceira da pista), Confins – MG”. Este ponto exige atenção do motorista, e também só servirá se o jato pousar e/ou decolar pela pista 16, que é a mais comum. Vale lembrar que o local é extremamente vazio durante o dia e mais ainda à noite (no caso na partida do Antonov), portanto é recomendada muita atenção, já que a segurança ali é inexistente.

Outro local de observação é o terraço panorâmico no terceiro andar (segundo piso) do terminal, além de também ser possível ver o avião estacionado pela via de acesso entre o Terminal de Cargas e o Hangar da GOL / Gollog.

Outro gigante cargueiro que fez visita recente ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte:

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A