Em meio a conflito com tanques, país da Eurásia cancela todos voos internacionais

Após conflitos e clima de guerra numa região disputada com a Armênia, o governo do Azerbaijão decidiu por cancelar os voos internacionais no país.

Boeing 787 da Azerbaijan Airlines

A decisão teria sido tomada nesta segunda-feira (28) segundo reporta o jornal Daily Sabah, o país tomou a decisão após conflitos intensos acontecerem na região de Nagorno-Karabakhm que é no Azerbaijão, mas tem sua população de maioria Armênia, sendo também controlada por militares armênios.

Esta região sempre foi área de disputa entre as duas nações após a dissolução da União Soviética em 1991. No final de semana as tropas dos dois países entraram em conflito, que envolveram tanques de guerra, helicópteros e drones.

Segundo dados do DW, ao todo 95 pessoas foram mortas, sendo a maioria militares que estavam em tanques T-72 que foram destruídos. As mortes de civis até agora chegam em 11 vítimas.

Por causa disso a Ukraine International Airlines já tinha suspendido o serviço para o país, e a própria aérea de bandeira Azerbaijan Airlines cancelou os voos domésticos para a região do conflito.

Agora todos os voos da companhia e de sua subsidiária de baixo-custo Buta Airways, que opera exclusivamente com jatos Embraer, foram suspensos, assim como de outras empresas aéreas, com exceção dos voos de/para a Turquia, aliada declarada do Azerbaijão.

Em meio à lei-marcial imposta nos dois lados do conflito, grandes lideranças mundiais pedem para um cessar-fogo, tentando impedir um maior número de mortes, sejam de civis ou militares.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião ATR 72 Azul

Porto Alegre voltará a ter voos para Santa Maria e Pelotas...

0
A Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou que as cidades gaúchas de Santa Maria e Pelotas retomarão os voos para a capital.