Início Variedades Controlador de tráfego aéreo por trás do desvio do voo da Ryanair...

Controlador de tráfego aéreo por trás do desvio do voo da Ryanair na Bielorrússia desaparece

Imagem: Ryanair

Embora todos os holofotes do caso do desvio do Boeing 737 da Ryanair na Bielorrússia, em maio passado, estejam voltados para o ditador Alexander Lukashenko e para o ativista detido Roman Protasecvich, uma figura que foi peça-chave no episódio está desaparecida: o controlador de tráfego aéreo Oleg Galegov.

Foi Galegov quem falou pelo rádio com o piloto da Ryanair e insistiu para que os pilotos desviassem o voo até Minsk, ao invés de seguir para seu destino final na Lituânia, devido a uma falsa ameaça de bomba, que estaria programada para explodir sobre o seu destino. Com o desvio, Protasevich, um crítico do ditador bielorrusso, que estava a bordo do voo e acabou de ser preso na chegada a Minsk.

Segundo a mídia do leste europeu, Galegov e sua esposa estão desaparecidos há semanas. Além disso, seus telefones foram desligados e suas contas de mídia social foram retiradas do ar.

Embora o jornal estoniano Delfi afirme que eles fugiram do país, não se sabe o paradeiro do casal, mas é possível pensar que o assédio sobre eles era grande. Isso porque o controlador Galegov certamente conhece muito bem o que houve por trás do desvio do voo e dos motivos para os argumentos que usou no rádio, enquanto insistia para que os pilotos desviassem a aeronave.

As autoridades estão caladas sobre o que aconteceu com Galegov, fazendo com que setores da imprensa comecem uma batalha de versões. Enquanto alguns falam até sobre um possível rapto ou proteção por parte do governo bielorrusso, outros dizem que o casal fugiu para a Geórgia, seu país de origem.

Por enquanto, prevalece o mistério.

Sair da versão mobile