Coronavírus faz acontecer o primeiro voo da história entre a Mongólia e os Estados Unidos

O voo histórico foi realizado por um Boeing 767-300ER da Mongolian Airlines, ligando a capital da Mongólia, Ulan Bator, com Seattle, maior cidade do estado americano de Washington, na costa-oeste americana.

É a primeira vez que a empresa voa comercialmente para os EUA e o voo teve objetivo humanitário: foram mais de 60 mil equipamentos de proteção individual (EPIs) transportados para a FEMA – Agência Federal de Gestão de Emergências.

Estes EPIs foram uma doação por parte do governo mongolês para os EUA, num valor total de US$ 1 milhão de dólares. A remessa, que chegou no final de semana, será distribuída para tribos indígenas Navajo que estão no estado do Arizona e Nevada.

Rota percorrida pelo Boeing 767

Ao todo foram percorridos 8.430km no voo direto entre as cidades. Esta rota já foi feita antes, no sentido contrário, mas saindo dos aeroportos vizinhos de Boeing Field e Everett, na entrega dos aviões Boeing para a Mongolian Airlines.

A empresa estatal foi fundada em 1956 na esfera de influência da União Soviética e começou com aviões vindos da Aeroflot. Hoje tem uma moderna frota de aeronaves Boeing 737 e 767, e está para receber o 737 MAX e o 787 Dreamliner, sendo que todos estes aviões são fabricados em Seattle.

O 767 que fez o voo tem um nome de batismo: Gengis Khan. Este é o nome do imperador mongol mais conhecido no mundo, por ter conquistado a China e ultrapassado a Muralha. É uma referência como conquistador e adorado como herói no país, que também colocou o seu nome no aeroporto da capital.

Boeing 767 Mongólia
Boeing 767 da Mongolian Airlines em Seattle, com o Monte Rainier ao fundo © Sea-Tac Airport

Com informações e fotos da Autoridade Portuária de Seattle

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias