Início Empresas Aéreas Covid-19: Aerolíneas Argentinas e Austral se fundirão numa única empresa

Covid-19: Aerolíneas Argentinas e Austral se fundirão numa única empresa

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Com objetivo de otimizar recursos e trabalhar num processo conhecido como “right-sizing”, a Aerolineas Argentinas e a Austral se fundirão em uma única empresa, conforme foi anunciado hoje pelo presidente da companhia aérea, Pablo Ceriani, nas redes sociais e em uma carta endereçada aos trabalhadores das duas empresas, onde indicou que a medida permitirá um “crescimento mais ordenado” e “economia de milhões de dólares”.

Por meio de uma série de tuítes, ele indicou que, no âmbito da fusão, “serão criadas duas novas unidades de negócios: uma para carga, baseada na experiência de voos humanitários recentes, e a outra para manutenção e reparo de aeronaves, para prestar serviços a terceiros. “Ambos negócios permitirão aumentar a rotatividade e abrir novos mercados”, enfatizou Ceriani em seu anúncio.

Na carta enviada aos funcionários, ele explicou a difícil situação que o setor aéreo está passando e que isso “aumenta a necessidade de otimizar recursos”. Ele também destacou a necessidade de “tomar as medidas necessárias para que a empresa opere com a máxima eficiência e ataque improdutividades estruturais para atingir os padrões da indústria”, algo que ele entendeu ser “um dever moral”. daqueles que trabalham na linha de bandeira.

“A crise global causada pelo covid-19 impactou totalmente o setor de aviação e não sabemos quanto tempo essa situação vai durar. Tudo indica que ainda há vários meses críticos pela frente, meses sem renda ou operações regulares; o que significa um tremendo impacto para nossa indústria e a economia em geral”.

Pablo Ceriani

A fusão deverá ser concluída até o final do ano. Entre os benefícios destaca-se uma maior eficiência em termos de horas de voo, economia de impostos de US$ 13,5 milhões, geração de renda direta de US$ 42 milhões extras, melhorando a eficiência em relação ao uso da frota, economia de mais de US$ 8 milhões como resultado da reorganização da estrutura interna e de US$ 2,5 milhões como resultado da eliminação de horas extras.

Ainda não está claro se a marca Austral será mantida.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Sair da versão mobile