Covid-19 faz Jumbos se tornarem cenário de maratona classificatória das Olimpíadas

Corrida Maratona Olimpíadas Aeroporto Twente
Imagem: Twente Airport

As Olimpíadas de Tóquio se aproximam, após terem sido adiadas em 2020 devido à pandemia, e atletas dos mais variados esportes lutam ao redor do mundo para garantirem suas vagas nos jogos.

Porém, com a crise mundial de saúde ainda não controlada na maior parte do planeta, muitas mudanças continuam a acontecer nos esportes, e uma delas fez com que uma maratona ganhasse como cenário um aeroporto contando com enormes Boeings 747 estocados.

A Maratona da Missão NN, que vale para classificação às Olimpíadas, foi planejada pela primeira vez em 11 de abril em Hamburgo, na Alemanha, mas a situação atual da COVID-19 forçou os organizadores da corrida a adiarem o evento por uma semana e também buscarem um local diferente.

Com isso, a competição foi transferida para 18 de abril e passou de Hamburgo para Enschede, na Holanda, no percurso especialmente projetado no Aeroporto de Twente. O local ficou bastante conhecido nos últimos meses por receber aviões Jumbo da Lufthansa para estocagem, e pela consequente polêmica quanto à segurança da decolagem dos grandes 747-400 no pequeno aeroporto.

Corrida Maratona Olimpíadas Aeroporto Twente
Imagem: Twente Airport

Corrida Maratona Olimpíadas Aeroporto Twente
Imagem: Twente Airport

Corrida Maratona Olimpíadas Aeroporto Twente
Imagem: Twente Airport

Apesar do belo cenário, ele só pôde ser aproveitado pelos competidores, pois a maratona foi fechado para o público em geral devido às restrições da Covid. Mais de 70 atletas participaram em busca de garantir sua vaga para os Jogos Olímpicos de Verão em Tóquio.

O resultado foi a vitória do etíope Eliud Kipchoge, além de belas imagens dos atletas correndo próximos aos imponentes e icônicos Jumbos, como você viu nas imagens acima e ainda pode conferir no vídeo abaixo.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Gol escala piloto palmeirense para o voo de volta do clube...

0
A delegação do Palmeiras, campeã em Montevidéu no sábado (27), desembarcou no início deste domingo no aeroporto de Guarulhos