De R$150 a R$40 mil – Infraero realiza leilão de bens do Aeroporto da Pampulha, em BH

Foto: JOAO MARCOS ROSA / NITRO

O Aeroporto de Belo Horizonte/Pampulha (MG) vai sediar, na próxima terça-feira (24/9), a partir das 10h, a 2ª edição do Leilão de Bens Inservíveis de 2019. Entre os itens disponíveis, agrupados em 20 lotes, estão caminhões de combate a incêndio, automóveis, trator agrícola, carretas tanque e reboque, móveis, equipamentos eletrônicos, além de sucatas de ferro, vidro e outros tipos de metais. O certame será realizado pela APA Leilões.  Clique aqui para acessar o site do leilão

Os lances iniciais dos lotes foram fixados em valores que variam de R$ 150 a R$ 40 mil. Poderão oferecer lances pessoas físicas inscritas no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), possuidoras de documento de identidade (RG) e capazes nos termos da Lei Civil; além de pessoas jurídicas inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).  

Segundo o superintendente do Aeroporto da Pampulha, Sérgio Kennedy, um dos objetivos é captar receitas por meio dos materiais que estão sem uso pela Infraero. “Além disso, nós também vamos liberar áreas do aeroporto nas quais os itens estão armazenados. Desta forma, os espaços serão usados para outras atividades”, ressalta. 

Os objetos do leilão poderão ser visitados nos dias 20 e 23/09, mediante agendamentos prévios.O edital completo do leilão está disponível no site da APA Leilões. 

Governo quer vender a Pampulha

Em 25 de Junho, O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que o governo quer conceder para a iniciativa privada o aeroporto de Pampulha, em Belo Horizonte (MG), de forma associada com o aeroporto de Confins (MG) no fim de 2021.

Pampulha pertence à Infraero e hoje opera apenas voos da aviação geral e comerciais com aeronaves de pequeno porte. Já os voos comerciais de maior porte são operados no aeroporto de Confins (MG), leiloado em 2013 e operado pela BH Airport, sociedade de propósito específico formada pela CCR, Zurich Airport e pela própria Infraero, que detém 49% de participação.

Da Assessoria de Imprensa Infraero (adaptado, com informações adicionais)

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.