Decolou hoje o mais curto e triste voo que um Boeing 747 pode fazer

Decolou hoje (e instantes depois já pousou) o voo mais curto feito pelo modelo Boeing 747 entre dois aeroportos diferentes, separados por apenas 6 km. Apesar de curioso pela pequena distância, o voo é triste pela circunstância em que ocorre.

Avião Boeing 747 British Airways

Na manhã dessa segunda-feira, 25 de novembro, o FlightRadar24 anunciou que a British Airways estava pronta para realizar mais um voo de um Boeing 747 na rota mais curta do mundo realizada pelo Jumbo.

Com a aeronave já sendo monitorada em solo pelo site de radar enquanto ela se preparava para o voo de número BAW9172, o anúncio foi feito às 08:06 (horário de Brasília) no Twitter do FR24.

E não foram necessários nem 15 minutos para que tudo estivesse terminado após o anúncio na rede social. Por volta das 08:09 o Jumbo deixava o solo e, apenas 9 minutos de voo depois, por volta das 08:18 o 747 tocava novamente a pista de um aeroporto.

Os aeroportos envolvidos

O local de partida, localizado no Reino Unido, foi o Cardiff Airport, um pequeno aeroporto que foi escolhido pelo companhia aérea British Airways para abrigar um grande centro de manutenção de sua frota, o British Airways Maintenance Center (BAMC).

Veja na imagem abaixo que o BAMC, localizado no canto superior esquerdo do mapa (note um Boeing 747 no pátio), é maior do que o próprio terminal de passageiros de Cardiff, localizado ao centro do mapa.

Radar Aeroporto Cardiff British Airways Maintenance Center
Cardiff Airport – Imagem: FlightRadar24

Já o pouso ocorreu no St. Athan Airport, outro aeroporto também bastante pequeno, porém conhecido como uma antiga base aérea da força aérea britânica, a Royal Air Force (RAF), e hoje sede do Ministério da Defesa.

Radar Aeroporto St. Athan Base Aérea
St. Athan Airport – Imagem: FlightRadar24

Feito entre aeroportos localizados a apenas 6 km de distância entre si, o voo do Boeing 747 entre Cardiff e St. Athan só não foi ainda mais rápido do que os 9 minutos por conta do distância a ser tomada pelo Jumbo para a aproximação final de pouso.

Note na imagem a seguir a proximidade dos dois aeroportos e a trajetória de voo da aeronave. Após decolar da pista 12 de Cardiff, o 747 subiu a apenas 3 mil pés (914 metros), efetuou uma curva à esquerda de quase 270 graus e interceptou a final da pista 25 de St. Athan, iniciando sua descida para o pouso.

Flight Radar 24 Voo BA9172 Cardiff St. Athan British 747
Voo BA9172 de hoje – Imagem: FlightRadar24

Despedida de mais um Boeing 747

Apesar de ser um voo bastante curiosos pela curta distância dos aeroportos envolvidos, a rota marca o que pode ser o último voo da história deste Boeing 747.

O Jumbo em questão é o 747-436 de matrícula G-CIVG, que fez seu último voo comercial de Chicago para Londres-Heathrow na semana passada. Após a aposentadoria, a aeronave decolou para Cardiff no último dia 18 de novembro, onde permaneceu até hoje.

Com pouco mais de 24 anos de idade, segundo dados do Airfleets, o Boeing 747 fez seu primeiro voo em 20/04/1995 e foi batizado como City of Wells, e hoje decolou para o St. Athan, onde passa a ser estocado.

A previsão da British Airways é que a retirada gradual de seus Boeings 747 ocorra até meados de 2025, à medida em que forem chegando à frota as novas aeronaves de última geração Airbus A350 e Boeing 777X.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.