Definida a alocação de slots no Aeroporto da Pampulha

A Agência Nacional de Aviação Civil concluiu nesta segunda-feira (13) a alocação de slots do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para a temporada de verão 2018 (período de 25/03 a 27/10). Pelos critérios estabelecidos na Decisão nº 189, que define, entre outras coisas, o regime de rodízio entre as empresas interessadas por temporada, a participação de mercado para a temporada verão na Pampulha ficou da maneira descrita na tabela abaixo (clique no nome da companhia para ver os voos já solicitados por elas antes da alocação do slots).



Empresa

Participação

Assento ofertado

Número de Operações

2Z – PASSAREDO

12%

17%

AD – AZUL

20%

20%

G3 – GOL

26%

20%

JJ – LATAM

16%

12%

O6 – AVIANCA

25%

22%

OWT – TWO FLEX

1%

9%

De acordo com a declaração de capacidade informada pelo operador aeroportuário, o aeroporto está apto para operar 300 passageiros embarcando e 360 passageiros desembarcando por hora. Na distribuição dos slots, o máximo de chegadas e partidas, somadas, em uma hora é de 11 movimentos. Isso só foi possível ao alternar voos com aeronaves maiores e menores no horário mais demandado, às 9h da manhã.

Ressalta-se que o aeroporto está em processo de certificação pela ANAC. A depender do resultado dessa certificação, os resultados de movimentação/hora podem ser alterados. A atual alocação é de 574 movimentos semanais. Vale lembrar que é contado como movimento qualquer ato de decolagem ou pouso. Sendo um pouso = um movimento e uma decolagem = um movimento.

De acordo com os slots solicitados pelas companhias aéreas nessa temporada, as rotas mais demandadas — na ordem de número de operações — foram: Brasília, Santos Dumont, Vitória, Congonhas e Goiânia. Estas rotas ainda podem ser alteradas pelas empresas.

Com a definição dos slots no aeroporto, as empresas, agora, precisarão solicitar a aprovação do voo e, após isso, poderão começar a operar. As empresas poderão antecipar os voos alocados para a temporada de verão, iniciando as operações conforme o interesse comercial de cada uma.

Pela Assessoria de Imprensa da ANAC

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos