Delta decide adiantar aposentadoria do McDonnell Douglas MD-90

Durante conferência para investidores sobre os resultados no segundo trimestre deste ano, a aérea americana Delta anunciou que irá acelerar a aposentadoria dos McDonnell Douglas MD-90.

MD-90 decola de Atlanta, hub e casa da Delta © Divulgação

Agora a aposentadoria será acelerada em dois anos, com os últimos MadDogs MD-90 (como são chamado os aviões da McDonnell Douglas) será em 2022.

Coincidência ou não, a notícia vem logo após um passageiro captar um íncrivel vídeo de um spinner solto no motor de um MD-88 da Delta, versão antecessora do MD-90 de menor tamanho e com motores menos eficientes.

Apesar dos MD-88 da companhia serem em média seis anos mais velhos que o MD-90, estes deverão ser aposentados depois. Além destes dois, a Delta ainda conta com o Boeing 717 (originalmente chamado de MD-95 feito para substituir os menores DC-9).

Os 34 MD-90 da Delta deverão ser substituídos por Airbus A320 e Boeings 737.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos