Delta Air Lines afirma que a variante Delta do corona não afetou a venda de passagens

O nome em comum da mais nova variante do Coronavírus, a Delta, não afetou a venda de passagens da companhia aérea homônima.

Divulgação – Delta

A informação foi dada pelo próprio CEO da Delta, Ed Bastian, quando afirmou à CNBC que “não viu nenhum impacto da variante” na venda de bilhetes aéreos, que tem batido recorde nos EUA em meio à vacinação avançada e a temporada de verão.

Bastian não detalhou se o impacto estava mais relacionado ao risco da nova variante e/ou ao fato dela ter o mesmo nome da empresa aérea. Antes, existia um rumor que a empresa aérea pudesse sofrer um efeito colateral do nome, assim como a cerveja mexicana Corona sofreu durante a fase inicial do Coronavírus.

A companhia foi fundada em 1929 e tem seu nome como uma homenagem ao Delta do Rio Mississippi, o mais importante do país. Ao mesmo tempo, o nome (e a logo) remetem à quarta letra do alfabeto grego.

Segundo o CEO, o impacto não está sendo visto nas reservas em voos entre os 60 e 90 dias adiante. Ele também informou que 72% dos funcionários da empresa estão vacinados e que a vasta maioria dos passageiros também estão imunizados.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Em evento, ANAC fala sobre segurança aérea como prioridade na...

0
Segundo presidente da ANAC, a cultura de segurança como prioridade no setor aéreo brasileiro vem se consolidando ao longo de décadas.