Delta Air Lines remaneja a malha e inclui Rio de Janeiro novamente

Durante o final de semana, a Delta Air Lines promoveu novas modificações em seu cronograma de voos para os próximos meses, levando a alterações nas operações ao Brasil. O levantamento foi feito com base no Sistema Global de Distribuição de voos (GDS) pelo Routes Online.

Segundo as informações, as principais alterações para o Brasil envolvem a confirmação da rota diária de Atlanta e Nova Iorque para São Paulo e o retorno ao Rio de Janeiro, que antes aparecia como suspenso até março de 2021.

A partir de outubro de 2020

Para o período de “Inverno IATA” do hemisfério norte (24 de outubro a 28 de março), a Delta prevê a seguinte malha para o Brasil:

Atlanta – São Paulo: entre 24 de outubro e 28 de novembro, a rota terá uma redução de 7 para 5 frequências semanais com A330-300. Depois disso, voltaria o voo diário.

Nova Iorque – São Paulo: no mesmo período acima, redução de 7 para 4 voos semanais com Boeing 767-400ER. Depois disso, retornaria ao voo diário.

Atlanta – Rio de Janeiro: a partir de 19 de dezembro o serviço será retomado com um voo diário operado pelo Boeing 767-300ER.

Em adição ao supramencionado, a partir de 27 de março de 2021 (já no “Verão IATA”), o voo diário de Nova Iorque para São Paulo passaria a ser operado com aeronaves A330-300.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Maior operadora de Jumbos do planeta tira do deserto seu último...

0
O último dos aviões 747-400F da Atlas que ainda estava estocado em condições operacionais voltou a voar neste mês.