Delta Air Lines tem cancelamento de voos em massa por falta de tripulantes

A Delta Air Lines teve uma onda com cancelamento massivos de voos na data de ontem, 25, e também hoje, 26 de novembro, devido à falta de tripulantes na empresa.

Ontem e hoje são os dias com maior movimento de passageiros nos EUA, historicamente, devido ao Dia de Ação de Graças, que é o feriado mais importante no país e onde muitos familiares se reúnem para celebrar a tradição de agradecimento pelas “boas colheitas” do ano.

Segundo o aplicativo FlightAware foram 257 cancelamentos até as 08h30 no horário de Atlanta, resultando em 18% dos voos não sendo executados. Além disso, existem dezenas de voos atrasados.

A maioria dos voos afetados estão concentrados nos hubs da companhia em Atlanta e em Detroit, principalmente com aeronaves de corredor único como o Boeing 737, 757, Airbus A220 e A330.

Mas por que dos cancelamentos?

Pode parecer estranho que faltem tripulantes (pilotos e comissários) durante a maior crise da aviação, principalmente na Delta, que não demitiu uma pessoa da categoria. Mas é aí que surge outro problema: a empresa não dimensionou a volta dos tripulantes que estavam de licença com a volta da demanda. Logo, diversos voos ficaram sem tripulações, que estão sendo chamadas às pressas.

A informação foi confirmada por pessoas da empresa nos EUA ao AEROIN, além de passageiros que nos relataram que estão tendo seus voos cancelados durante a madrugada, horas antes de embarcar. Em nota enviada ao portal View FromTheWing, a Delta informou que o seu time “está trabalhando com o seu máximo para prevenir cancelamentos de voo nesta semana”.

A empresa cita que diversos fatores aumentaram a pressão da sua equipe para manter os voos dentro do horário na quarta-feira. Sem citar a falta de tripulantes, a empresa afirma que a maioria dos passageiros estão sendo remarcados para voos no mesmo dia.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Com fôlego de garota, Ethiopian Airlines completa 75 anos

0
A Ethiopian Airlines chega aos seus 75 anos numa posição honrosa, como o maior grupo de aviação pan-africano. Desde seu voo inaugural