Delta se despede do Boeing 747 com casamento de tripulantes

Pilotos posam com o 747 após o seu último voo

A comissária de voo Holly R. e o piloto Gene P. celebraram de maneira única a despedida do Boeing 747 na Delta: se casaram no avião que uniu o casal anos atrás durante um voo militar.




“Nós nos conhecmentos nove anos atrás, desde então ficamos anos voando juntos neste avião pelo mundo inteiro. De várias maneiras nós crescemos no 747, é realmente uma maneira de mostrarmos que uma história termina e outra começa”, declarou Gene.

O casal, que trocou alianças no último voo do Boeing 747 da Delta rumo ao deserto, se conheceu durante um voo fretado da Delta levando tropas militares ao Kuwait.

A companhia se despede do Boeing 747-400, a última variante do Jumbo operado pela empresa, que recebeu o seu primeiro 747 em 1970 na variante 747-100.

Holly e Gene, até então pais solteiros, irão morar juntos no Minnesota, ainda trabalhando para a Delta na base de Minneapolis.

A Delta fez um grande tour por todas as suas bases para que todos os seus funcionários e fãs da companhia pudessem dar um último adeus ao Jumbo. Em Seattle a aeronave voltou ao seu ninho, o Paine Field, aeroporto aonde se localiza a fábrica da Boeing. Já em Los Angeles ficou aberta para visitação do público por dois dias.

Despedida no Paine Field

Agora o último voo foi realizado, de Atlanta para Marana, no Arizona, onde fica um cemitério de aviões que será o local do seu descanso final.

Informações e fotos pela Assessoria de Imprensa da Delta Airlines.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Investigação sobre o Airbus A380 que perdeu parte do motor em...

0
Desprenderam-se, do restante do motor, o fan, a tomada de ar (inlet) e a carcaça do fan (case). As partes caíram em uma inóspita região de gelo e neve.