Dezenas de companhias aéreas ajudam na evacuação de Cabul, veja a lista

A evacuação de Cabul, capital do Afeganistão, segue conturbada, mas conta com uma ajuda essencial: a das companhias aéreas.

Nas impressionantes imagens do aeroporto de Cabul, às quais o mundo assiste estarrecido diariamente, os mais detalhistas notarão, quase sempre, a presença de alguns aviões civis no solo. É certo que alguns deles estão parados ali e não sairão tão cedo, mas há outros aviões comerciais fazendo o melhor em seu papel.

Participando diretamente ou indiretamente, as companhias aéreas têm prestado um papel essencial, principalmente na distribuição das pessoas resgatas do Afeganistão e levadas a países próximos que estão dando suporte às operações, como os Emirados Árabes. Nesse fluxo contínuo, que deve durar mais alguns dias, ao menos 37 companhias aéreas civis já colaboraram, excluindo aquelas americanas que fazem parte do CRAF, a frota civil reserva que está sob o comando dos militares americanos.

Uma lista elaborada pelo FlightRadar24, conhecida plataforma de rastreamento de voos, mostra como é diversa a participação das empresas, que muita das vezes não resgataram cidadãos de seus países, mas foram contratadas por governos estrangeiros, como é o caso da portuguesa euroAtlantic Airways. Veja a lista completa:

  • Air Belgium – Bélgica
  • Air Europa – Espanha
  • Air India – Índia
  • Air Tanker – Reino Unido*
  • Eastern Airlines – EUA
  • Ethiopian Airlines – Etiópia
  • Freebird Airlines – Turquia
  • GlobalX – EUA
  • Hi Fly – Portugal
  • Jordan Aviation – Jordânia
  • Kam Air – Afeganistão
  • KlasJet – Lituânia
  • LOT – Polônia
  • National Airlines – EUA
  • Pakistan International Airlines (PIA) – Paquistão
  • Qatar Airways – Catar
  • SAS – Noruega/Dinamarca/Suécia
  • Star East – Romênia
  • Sun Country – EUA
  • TAROM – Romênia
  • Turkish Airlines – Turquia
  • Wamos – Espanha
  • Danish Air Transport – Dinamarca
  • euroAtlantic Airways – Portugal
  • Finnair – Finlândia
  • Gullivair – Bulgária
  • Lufthansa – Alemanha
  • Neos – Itália
  • Privilege Style – Espanha
  • Smartwings – República Tcheca
  • Swiss – Suíça
  • Titan Airways – Reino Unido
  • Utair – Rússia
  • Uzbekistan Airways – Uzbequistão
  • World2Fly – Espanha
  • Corendon Dutch – Países Baixos
  • Air New Zealand – Nova Zelândia

Das empresas listadas, a Air Europa, Ethiopian Airlines, Qatar, Turkish, Lufthansa, Swiss tem voos regulares para o Brasil. Por sua vez, o grande número de empresas especializadas em fretamentos de última hora mostra a necessidade de uma evacuação rápida.

* A Air Tanker, apesar de ser uma empresa civil, opera exclusivamente para o governo britânico com a frota de aviões A330MRTT, que podem levar passageiros, carga e também fazem reabastecimento em voo.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias