DHL trocará aviões e veículos terrestres por 4.000 drones de entregas

A gigante da logística, DHL, e a desenvolvedora e operadora de drones de carga, Dronamics, assinaram um acordo de parceria para desenvolver em conjunto uma rede dedicada para entregas a partir de 2022. Com base em um acordo mutuamente exclusivo, a Dronamics construirá e operará até 4.000 drones “Black Swan” para a DHL.

A aeronave não tripulada pode transportar 350 kg de carga por uma distância de até 2.500 km a um custo até 80% menor do que qualquer aeronave existente, permitindo o envio de e-commerce no mesmo dia em longas distâncias, incluindo produtos farmacêuticos e remessas urgentes. Os drones complementarão a rede da empresa de cargas expressas e, em vários casos, substituirão aviões de menor porte contratados e veículos terrestres de carga.

“Esta parceria tem potencial para gerar US$ 2,1 bilhões em novas receitas anualmente”, confirmou Svilen Rangelov, co-fundador e presidente-executivo da empresa de tecnologia.

“Estamos constantemente explorando novas tecnologias para agregar valor aos nossos clientes e acreditamos que os drones de carga serão um elemento fundamental na próxima geração de transporte e logística. Nossa colaboração ajudará a abrir oportunidades para entregas sensíveis e urgentes”, comentou Matthias Heutger, vice-presidente sênior da DHL. A empresa faz parte do Grupo Deutsche Post DHL, que gerou receitas de mais de US$ 78 bilhões em 2020.

A DHL é o segundo grande cliente com o qual a Dronamics assinou em três semanas após anunciar uma parceria com a Hellmann Logistics para desenvolver um serviço de entrega de carga internacional no início do próximo ano. Com sede em Londres, a empresa foi fundada em 2014 pelos irmãos Rangelov, um economista e engenheiro aeroespacial.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aeroporto de Guarulhos alerta sobre vagas de emprego falsas

0
A GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, fez um alerta ao público em geral.