Início Acidentes e Incidentes O dia em que um Jumbo cargueiro arrastou um motor na pista...

O dia em que um Jumbo cargueiro arrastou um motor na pista ao pousar em Los Angeles

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Relembramos a seguir um incidente ocorrido em abril de 2016, quando um Boeing 747 cargueiro foi filmado no momento em que sofreu um grave impacto de motor contra a pista, em uma tentativa de pouso no aeroporto internacional de Los Angeles.

Era uma sexta-feira, 15 de abril de 2016, quando o Boeing 747-8F registrado sob a matrícula N858GT realizava o voo de número PO-916. Segundo informações do The Aviation Herald, o grande Jumbo da companhia aérea norte-americana Polar Air Cargo havia decolado do aeroporto de Cincinnati com destino a Los Angeles, ambos nos EUA.

Tudo correu bem durante o voo, até os momentos finais em que o jato estava se aproximando da pista 25L do aeroporto de Los Angeles. A visibilidade era boa na aproximação, porém as informações meteorológicas (METAR) daquele momento mostravam ventos de través (laterais) de 25 nós (46 km/h) acompanhados de rajadas de até 35 nós (65 km/h).

Os pilotos do 747 começaram a sentir os efeitos da condição atmosférica adversa enquanto se aproximavam da cabeceira. Ainda um pouco afastados do aeroporto, comunicaram à torre que experimentavam uma perda de 10 nós de velocidade.

O procedimento de pouso continuou até a pista, quando, nos segundos finais, o grande cargueiro foi surpreendido por variações fortes de vento. Como você poderá notar no vídeo ao final, o N858GT experimentou uma primeira alteração de estabilidade enquanto cruzava a cabeceira, abaixando sua asa direita. O piloto agiu prontamente e colocou a aeronave de volta na condição estabilizada de voo e razão de descida.

Porém, a instantes do toque na pista, uma nova incidência de vento levou a outro abaixamento da asa direita. A poucos metros do solo, já não havia tempo para uma correção rápida o suficiente para evitar o contato com a pista. O motor número 4 (externo da asa direita) arrastou contra o asfalto, soltando labaredas, até o piloto voltar a estabilizar a aeronave e iniciar uma arremetida.

A carenagem do motor, bastante danificada pelo impacto

A carenagem aberta para avaliação dos danos ao motor

Apesar do impacto, no cockpit do Jumbo os pilotos ainda não tinham conhecimento do incidente. Enquanto arremetiam, relataram à torre que receberam aviso de vento cortante (popularmente conhecido como “tesoura de vento”) durante o flare (arredondamento para o pouso).

A torre então avisou-os que parecia que o cargueiro havia raspado um motor da direita na superfície da pista, acrescentando posteriormente que tinha sido o motor número 4.

A tripulação decidiu desviar para Ontário, também na Califórnia, para um pouso seguro cerca de 25 minutos depois. A aeronave sofreu danos substanciais na carenagem e em alguns componentes externos do motor.

Confira a seguir o vídeo do incidente, gravado de dentro de um veículo de apoio do aeroporto, que estava próximo à pista naquele momento:

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Sair da versão mobile