Início Sem categoria Dois jatos Embraer E190 foram comprados pela WAS para serem canibalizados

Dois jatos Embraer E190 foram comprados pela WAS para serem canibalizados

Eddie Maloney, CC BY-SA 2.0 via Wikimedia

A Werner Aero Services (WAS) anunciou ontem (26) que concluiu a aquisição de dois aviões do modelo Embraer E190, que voaram antes na Air Canada (msn 118 e 149), para serem totalmente desmontados. A ideia é que as peças sejam ofertadas a clientes que operam voos regionais com o modelo em todo o mundo.

A WAS é uma empresa especializada em gerenciamento de ativos e soluções logísticas para companhias aéreas em todo o mundo, sobretudo relacionadas ao fornecimento de motores a jato, pool rotativo de peças e gerenciamento de reparos. 

“Estamos entusiasmados por estarmos nos aproximando do fim da pandemia devastadora que o mundo sofreu e estamos nos preparando para atender a demanda projetada de nossos clientes. O mercado regional será o primeiro a se recuperar e já estamos vendo um aumento significativo nas atividades de nossos clientes”, disse Mike Cazaz, CEO da Werner Aero Services.

“Estamos nos preparando para apoiá-los com peças sobressalentes e motores just-in-time. Esta é a nossa primeira aquisição neste ano, à medida que continuamos buscando aquisições adicionais de aeronaves narrow-body (de corpo estreito) e jatos regionais. Também buscamos fazer parceria com companhias aéreas que buscam soluções logísticas que alavanquem nossa experiência e ativos”.

Serão dois jatos brasileiros a menos no mundo, que darão suporte a outros tantos mais por algum tempo. A série E190-E1 não está sendo mais produzida pela Embraer, embora ainda conste um pedido em aberto para três aeronaves, vindo de um locador do Egito.

Sair da versão mobile