Entenda como este aeroporto fez drones virarem solução, ao invés de problema para a aviação

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Enquanto os drones têm sido um grave problema pelo mundo, colocando em risco a segurança dos aviões quando manejados de forma irregular nas proximidades de aeroportos, em Amsterdã a tecnologia desses dispositivos aéreos passou a ser uma solução de segurança.

Aeroporto Amsterdã Schiphol Drone Inspeção Transporte
Imagem: Schiphol Airport

O aeroporto de Schiphol, o mais importante e movimentado da Holanda, anunciou nesta semana o início de testes com o uso de drones para algumas funções pelo aeródromo.

Durante a avaliação, haverá drones com câmeras para inspeção de taxiways, de pequenos edifícios e de aeronaves, além de drones que transportam mercadorias leves entre diferentes locais do aeroporto.

Dessa forma, são explorados os benefícios potenciais dos drones, por exemplo, para:

  • inspecionar estruturas como a superfície do asfalto;
  • executar processos operacionais como degelo; e
  • fornecer peças de aeronaves para manutenção.

Os testes determinarão se isso é desejável e viável no futuro. Eles serão realizados até 24 de junho em colaboração com o Controle de Tráfego Aéreo da Holanda (LVNL), o Dutch Drone Delta, a Royal Netherlands Marechaussee e a companhia aérea Transavia.

Uso regulamentado temporariamente permitido

O uso regulamentado de drones será permitido em Schiphol até 24 de junho, graças a um regulamento temporário introduzido pelo Ministério de Infraestrutura e Gerenciamento de Águas que suspende a proibição do uso de drones por partes designadas nas operações do aeroporto.

A Inspeção de Meio Ambiente e Transporte Humano fez uma avaliação positiva das aplicações específicas. Todas as outras proibições e obrigações continuarão em vigor.

Os voos serão conduzidos em coordenação com o LVNL por partes certificadas que têm contato direto com a torre de controle de tráfego aéreo. Qualquer outro uso de drones por pessoas não autorizadas nas proximidades de Schiphol permanecerá expressamente proibido, como de costume.

A LVNL assumiu a liderança na obtenção deste acordo temporário. Como as outras partes, eles viram a oportunidade surgir em meio a uma quantidade significativamente menor de movimentos de voo devido à crise do coronavírus.

Aeroporto Amsterdã Schiphol Drone Inspeção Transporte
Imagem: Schiphol Airport

José Daenen, Diretor de Operações da LVNL, comentou a iniciativa: “Nosso plano é integrar drones em nosso espaço aéreo no futuro, para que aeronaves não tripuladas e tripuladas possam operar com segurança lado a lado. Essa é uma tarefa desafiadora. Vemos o espaço aéreo atual e mais silencioso como uma oportunidade para praticar isso e testar procedimentos. Neste teste, podemos obter experiência inicial sobre como pilotar com segurança aeronaves tripuladas e drones em Schiphol.”

Os testes

Aeroporto Amsterdã Schiphol Drone Inspeção Transporte
Imagem: Schiphol Airport

Os testes serão realizados a uma distância segura das pistas e taxiways que estão sendo utilizadas para o tráfego aéreo. Haverá testes visíveis com diferentes drones nas várias plataformas designadas e em várias alturas. O objetivo do teste é mostrar como os procedimentos projetados para o uso de drones nos aeroportos funcionam na prática.

Hassan Charaf, Chefe de Inovação do Royal Schiphol Group, falou sobre a oportunidade gerada peça queda de movimento: “Atualmente, há 85% menos tráfego aéreo em Schiphol em comparação com o mesmo período do ano passado. Isso é extremamente desagradável para as companhias aéreas e para muitos viajantes, mas também nos dá a oportunidade de realizar um teste como esse. Com base neste teste, gostaríamos de descobrir se o uso de drones é útil para organizar processos de maneira mais eficiente, sustentável e eficaz. Estamos satisfeitos com o acordo temporário e orgulhosos de que, juntamente com nossos parceiros, pudemos iniciar esse teste tão rapidamente.”

Drones e aeronaves tripuladas compartilharão cada vez mais o espaço aéreo no futuro. A forma mais concreta dessa interação ocorrerá nos aeroportos, portanto, realizar esse teste é um passo importante. Durante a avaliação, a Dutch Drone Delta analisará os procedimentos e técnicas, bem como o apoio público.

Veja nas matérias abaixo mais algumas iniciativas de usos de drone na aviação, incluindo uma por parte da LATAM Brasil.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias