Duas maiores empresas do leasing aeronáutico podem se fundir para criar uma gigante

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A maior crise da aviação mundial pode levar à criação da maior empresa de aluguel aeronáutico (leasing) já vista no globo, com 3 mil jatos no portfólio.

Divulgação

Segundo reporta o MSN, a GECAS – General Eletric Capital Aviation Services, subsidiária do conglomerado GE, irá combinar as operações com a irlandesa AerCap. O valor da transação está avaliado na casa dos US$30 bilhões de dólares e seria uma maneira da GE sair do setor de leasing aeronáutico – negócio em que uma financeira compra os aviões e os alugam para as empresas aéreas.

O portfólio das duas empresas somado é de mais de 3 mil aeronaves, sendo que, separadas, já ficam à frente da Avolon, com em torno de 800 aviões, seguida pela Air Lease Corp, com aproximadamente 700 aeronaves.

Líderes no Brasil

No Brasil, a situação de liderança das empresas se repete: na Azul elas são donas de 29% da frota, sendo as duas maiores alugadoras da companhia fundada por David Neeleman. Estes são dados do final 2019.

Na LATAM Brasil, a AerCap é a segunda empresa que mais aluga jatos, com 22% da frota, atrás apenas do banco americano Wells Fargo, dono de 24% dos aviões da LATAM no país. A GECAS tem menos de 4% da frota da empresa.

Divulgação

Já na GOL, a GECAS tem a maior fatia entre os lessores, com 15%, e a AerCap tem 5%, somando 20% ao todo.

Ao todo, segundo estes dados, que foram obtidos com exclusividade pelo AEROIN, seriam ao menos 79 jatos comerciais brasileiros pertencentes à GECAS e AerCap, somando 18% da frota brasileira comercial antes da Covid-19.

Apesar de toda empolgação do mercado, por serem hoje as duas maiores empresas de leasing com uma boa folga, existe um temor que a negociação seja emperrada ou até barrada por órgãos anti-truste.

Com a notícia, as ações da GECAS subiam 2,9% na Bolsa de Nova Iorque e a da AerCap 8,2%. Além dos aviões alugados, a GECAS participa do projeto do maior bimotor cargueiro do mundo:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Gigante das remessas, UPS está de olho em mais de uma...

0
Por meio de sua subsidiária UPS Flight Forward, a gigante das encomendas planeja comprar aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical