É a vez do Rio de Janeiro receber a especial visita do gigante avião Antonov AN-124

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto: Volga Dnepr

Chegou a hora do aeroporto internacional do Rio de Janeiro, RIOgaleão, receber uma nova visita especial do segundo maior avião civil de carga do mundo, o Antonov AN-124 Ruslan. A operação acontece na próxima semana e será realizada pela empresa russa Volga Dnepr, especialista em cargas ultra-pesadas.

Segundo os dados constantes do registro de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a operação do gigante cargueiro está prevista para acontecer entre os dias 27 e 28 de abril. A natureza da operação é naturalmente cargueira, mas a carga ou a empresa por ela responsável ainda não são conhecidas. Estamos apurando e novidades serão incluídas nessa publicação.

Quando é o voo

A programação que passou a constar do site da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) é a seguinte:

– EM 27 DE ABRIL (terça-feira) – voo VDA-4553 – tem pouso no Galeão previsto para 15h30, proveniente de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia

– EM 28 de ABRIL (quarta) – voo VDA-4540 – decola do Rio de Janeiro às 7h da manhã com destino a Houston.

Antonov 124

O Antonov-124-100 é o segundo maior avião de carga civil do mundo em capacidade e um líder reconhecido no mercado de carga aérea para o transporte de remessas superdimensionadas e super-pesadas. São aviões da era soviética, construídos pela Antonov, empresa que está baseada na atual Ucrânia.

A combinação de características como tamanho do compartimento de carga, alcance de voo e capacidade de elevação sem o uso de equipamento de carregamento especial, permite que o An-124 carregue carga super pesada e superdimensionada de até 120 toneladas na maior faixa de alcance.

A cabine de carga pressurizada da aeronave, com seu volume total de 1.050 m³, garante oportunidades para o transporte de diferentes tipos de carga, incluindo peças ou remessas fora do padrão e de grandes dimensões, exigindo condições especiais de transporte.

O trem de pouso equipado com 24 rodas permite alterar o ângulo da fuselagem para simplificar as operações de carregamento.

O Antonov-124-100 possui duas entradas de carga, no nariz e na cauda da aeronave, ambas equipadas com rampas de carga em expansão. Para o carregamento de cargas fora do padrão, a cabine é equipada com dois guinchos elétricos com tração de 3 toneladas cada e 4 guinchos elétricos com capacidade de carga comum de até 30 toneladas.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias