E190-E2 da Embraer faz o primeiro voo comercial para o aeroporto mais crítico de Londres

Foto por Andrew Baker / Embraer

Ontem, quinta-feira, 2 de setembro de 2021, aconteceu uma importante estreia no Aeroporto London City. Às 17h45 locais, um E190-E2 da Embraer fez seu primeiro voo comercial para o icônico aeroporto no centro da capital política e financeira britânica. Com o registro HB-AZG, a aeronave da Helvetic Airways voou de Zurique a Londres em 1 hora e 20 minutos, restabelecendo um elo essencial para a comunidade financeira global.

Operado pela Helvetic Airways em nome da Swiss International Air Lines, empresa aérea com a qual possui uma parceria, o voo LX 456 foi recebido com um batismo do corpo de bombeiros do Aeroporto London City. A bordo do voo, completamente vendido, estavam 110 passageiros, entre representantes da mídia internacional, viajantes a negócios, além de passageiros em viagem para visitar amigos e familiares.

Restabelecendo a conectividade

Ao comentar sobre a chegada da aeronave, o Diretor de Operações do LCY, Alison FitzGerald disse:

“Receber a Swiss/Helvetic de volta ao London City e com a mais nova aeronave certificada para operar no aeroporto, o E190-E2 da Embraer, é um marco significativo para o London City. Isso demonstra como estamos colaborando com fabricantes e companhias aéreas para trazer aeronaves com baixo nível de emissões e baixo ruído ao nosso aeroporto. Além disso, restabelecemos uma conexão comercial vital que acreditamos que irá crescer cada vez mais à medida que o governo do Reino Unido começar a reduzir gradativamente as barreiras às viagens. Nossa ambição é ser um dos aeroportos mais sustentáveis do nosso porte na Europa, e minha expectativa é que recebamos mais dessas aeronaves com mais companhias aéreas conforme a indústria se recupera da Covid-19”.

Foto: Andrew Baker / Embraer

A aeronave para o London City

Com o comprimento de pista de apenas 1.508 metros do LCY e ângulos de descida de até 5,5 graus, o E2 da Embraer é extremamente adequado para operações no lendário aeroporto localizado ao lado do rio Tâmisa.

“Graças a uma redução de quase 20% no consumo de combustível e a uma redução na emissões de ruído na decolagem 63% menor do que a aeronave da Embraer de geração anterior, o E190-E2 não só oferece reduções significativas nas emissões, mas também proporciona uma experiência muito mais silenciosa para os residentes locais”, destacou Cesar Perreira, Diretor de Vendas e Marketing da Embraer para EMEA, pouco antes de o primeiro voo partir de Zurique para Londres.

É importante ressaltar que as aeronaves da Embraer respondem por quase 90% de todos os pousos e decolagens do aeroporto. Ao mesmo tempo, o E190-E2 quase dobra o alcance disponível a partir do LCY para mais de 4 mil quilômetros, colocando pela primeira vez ao alcance dos viajantes destinos como Istambul, Casablanca e Moscou.

Foto de Ercan Karakaş via Wikimedia

A primeira operadora do E2 no London City

“Com esta estreia mundial, estamos particularmente orgulhosos de poder oferecer um produto do mais alto nível em termos de conforto, silêncio e sustentabilidade. Estamos convencidos de que o E2 da Embraer se adapta perfeitamente às necessidades dos viajantes de negócios que voam entre os centros financeiros de Londres e Zurique”, disse Tobias Pogorevc, CEO da Helvetic Airways, durante o voo inaugural.

Com a pandemia de coronavírus trazendo uma ênfase mais regional para o transporte aéreo, juntamente com uma tendência de utilização de aeronaves menores, a Helvetic Airways está agora idealmente equipada para fornecer operações confiáveis e econômicas e aproveitar todas as vantagens das novas oportunidades oferecidas atualmente em mercados de todo o mundo. Com uma frota de 12 aeronaves E2 da Embraer, a Helvetic Airways é atualmente a maior operadora de E-Jets da Embraer no mundo, fortalecendo sua posição como uma companhia aérea regional com base na Suíça, Europa e além.

Informações da Embraer

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias