Efromovich perde controle acionário da Avianca Colômbia para United

Após dar o calote num empréstimo fornecido pela United Airlines, Germán Efromovich perdeu o controle acionário da Avianca Holdings (Colômbia/Panamá), que agora ficará sob comando da United e da investidora Kingsland.

Germán Efromovich © EFE

A garantia do empréstimo eram as ações do grupo Synergy na Avianca Holdings (composta por todas as Aviancas menos a do Brasil e a Argentina).

A United por sua vez não pode assumir um controle de outra companhia aérea devido a uma cláusula da convenção coletiva de seus tripulantes. Desta maneira procurou a segunda maior investidora na Avianca Holdings, a Kingsland.

A aérea americana ressalta que continuará tendo uma operação separada da Avianca Holdings, e também informou que juntamente com a Kingsland está disposta a oferecer um novo empréstimo $250mi de dólares caso a Avianca precise e requisite.

Germán Efromovich controlava a Avianca Holdings enquanto seu irmão José Efromovich controla a Avianca Brasil, que hoje teve todos os seus voos suspenso por decisão da ANAC.

Com informações da Assessoria de Imprensa da United Airlines

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos