EFW cria novo conceito de blocos para transporte de cargas em cabines de passageiros

A empresa EFW lançou um novo conceito de cabine para transporte de cargas no deck principal dos aviões de passageiros, potencializando o uso das cabines. Segundo a empresa, se, por exemplo, uma composição de carga completa for aplicada a um A330-200, um volume de até 145 m³ e uma carga útil de quase 19 toneladas podem ser transportadas com apenas um voo, além da capacidade da barriga da aeronave.

Com tamanho de 1 x 1 x 1,55 m (40 x 40 x 60 pol), os blocos oferecem uma capacidade de carga de até 200 kg (440 lbs) com um peso tara de 28 kg. A especificação se ajusta bem a todas as portas de aviões comuns em aeronaves estreitas e de grande porte. 

Os blocos com a carga movem-se sobre rodas e um kit de instalação com travas projetadas para combinar perfeitamente com o sistema de trilhos dos assento de passageiros visa garantir uma instalação rápida e segura. Os blocos são oferecidos numa versão aberta de um lado, com redes ou como uma versão fechada, por lona ou por uma porta sólida.

A solução Cabin Cargo Box é uma oportunidade as empresas implementarem soluções individuais de carga otimizadas para as suas necessidades, com apenas pequenas modificações: flexíveis e reversíveis.

Com esta solução, é possível obter autorizações de carga específicas e a capacidade de transportar itens maiores e pesados ​​na cabine. A solução pode ser emitida com a Certificação de tipo suplementar (STC) que a EFW está autorizada a fazer sob sua Autoridade de Organização de Projeto (DOA) certificada pela EASA.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Boeing 737 MAX ganha a luz verde dos coreanos

0
O Boeing 737 MAX foi recertificado na semana passada na Coreia do Sul, fazendo com que a China seja agora último grande mercado da aviação