Em julho, Alitalia promete mais de 1.000 voos semanais para 37 destinos

A Alitalia informou na quinta-feira (11) que aumentará o número de voos e destinos servidos em julho. Durante o mês, a companhia aérea operará mais de 1.000 voos semanais, alcançando 13 novos aeroportos domésticos e internacionais. Mas, infelizmente, o Brasil continuou de fora da lista.

Avião Boeing 777 Alitalia

No total, a nova malha da empresa italiana representa um incremento de 60% mais voos em relação a junho e o dobro de maio. As aeronaves da Alitalia voarão em 52 rotas (22 a mais que junho) para 37 aeroportos, incluindo 19 na Itália e 18 no exterior. 

A programação de julho incluirá, principalmente, a reabertura de serviços internacionais saindo de Milão e o aumento de voos internacionais de Roma, bem como o aumento de serviços do norte para o sul da Itália e ilhas italianas.

O Brasil não entrou dessa vez na lista de retornos. Uma consulta ao registro de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) revelou que os serviços para São Paulo e Rio de Janeiro estão previstos para serem iniciados a partir de 1 de agosto, embora sejam datas que podem mudar, a depender da evolução da epidemia no Brasil.

Em detalhe

No geral, com cerca de 750 voos semanais, a Alitalia conectará seu hub no aeroporto de Roma Fiumicino com 36 destinos domésticos e internacionais, a saber: Alghero, Bolonha, Bari, Brindisi, Cagliari, Catania, Florença, Gênova, Lamezia Terme, Lampedusa, Milão, Nápoles, Olbia, Palermo, Pantelária, Reggio Calabria, Turim, Veneza e, no exterior, Amsterdã, Atenas, Barcelona, ​​Boston, Bruxelas, Frankfurt, Genebra, Londres, Madri, Malta, Munique, Nova Iorque, Nice, Paris, Tel Aviv, Tirana, Tunis e Zurique.

De Milão, a Alitalia atenderá 17 destinos domésticos e internacionais: Alghero, Bari, Brindisi, Cagliari, Catania, Lamezia Terme, Lampedusa, Nápoles, Olbia, Palermo, Pantelária, Reggio Calabria, Roma e, no exterior, Amsterdã, Bruxelas, Londres e Paris com mais de 350 voos semanais.

Todos os voos de passageiros são operados com capacidade reduzida, a fim de cumprir as disposições da lei italiana sobre distanciamento social a bordo de aeronaves. As aeronaves da Alitalia são higienizadas com produtos de desinfecção de alta potência todos os dias e, graças aos filtros HEPA e à circulação vertical, o ar a bordo é 99,7% puro, como em uma sala médica estéril.

Com informações da Alitalia (adaptado)

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Homem Laser Helicóptero Polícia Flórida

Homem detido após apontar laser para aeronave da polícia; ação foi...

0
O homem de 48 anos foi preso ao usar um apontador para atrapalhar e colocar em risco uma operação de aeronave.