Em meio à recessão, Lufthansa Cargo acelera a aposentadoria dos MD-11F

Avião McDonnell Douglas MD-11F Lufthansa Cargo
MD-11F da Lufthansa Cargo

O braço cargueiro da alemã Lufthansa decidiu acelerar a eliminação progressiva de seus MD-11F para o final de 2020 ou início de 2021, contra planos anteriores para manter o tipo em serviço até 2024, segundo publicação da Cargo Forwarder Global.

A aceleração da aposentadoria progressiva do MD-11F é impulsionada principalmente pela desaceleração do mercado global de carga. De acordo com a IATA, o tráfego de carga de janeiro a agosto de 2019 diminuiu 3,3% em termos de toneladas por quilômetros disponíveis (ATKs) em comparação com o mesmo período de 2018, principalmente devido à guerra comercial entre EUA e China, e outras incertezas geopolíticas.

A empresa, que é especialista em carga decidiu, em vez disso, reforçar a sua cooperação com a AeroLogic, uma joint venture que possui com a DHL Express. Os detalhes particulares deste realinhamento estratégico ainda estão sujeitos a aprovações corporativas.

Ainda há 10 MD-11F em operação

A Lufthansa Cargo opera atualmente dez MD-11F, que têm, em média, 20,3 anos, além de sete B777F, com 4,2 anos de idade, em média. A empresa é dona de todas as dezessete aeronaves. Fontes disseram que a companhia aérea vai decidir em 2020 se coloca uma encomenda adicional de cargueiros Boeing. Atualmente, a LH Cargo não tem mais B777F para receber. Por sua vez, a AeroLogic opera quatorze B777F, dos quais três são comercializados exclusivamente pela Lufthansa Cargo.

Como parte da transformação estratégica, a AeroLogic já assumiu uma série de rotas da Lufthansa Cargo, anteriormente operadas com MD-11F, incluindo serviços para Los Angeles, Seattle, Cidade do México, Guadalajara, Dallas, Chennai e Ho Chi Minh City.

Daqui para frente, a AeroLogic também assumirá os serviços sul-americanos da Lufthansa Cargo para São Paulo, Buenos Aires, Montevidéu, Natal e Curitiba.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.