Em seus voos, empresa aérea vai dividir o avião em zonas para solteiros, casais e famílias

A estreante empresa aérea canadense OWG já deixou claro desde o início que seu objetivo é realizar voos diferentes de tudo o que já se viu, tendo como destinos paraísos turísticos no Caribe. Então, não espanta a nova moda que a empresa acaba de inventar: a separação dos passageiros no avião de acordo com seu estado civil e se viaja em família.

A novidade veio com a divulgação de seu novo destino, o balneário mexicano de Los Cabos. Nesse voo, os passageiros solteiros, casados e as família terão lugares específicos para si no avião. No site da empresa na internet, Marco Prud’Homme, presidente da OWG Travel, fala sobre a iniciativa:

“Pela primeira vez, o OWG está introduzindo sua fórmula HIGH LOVE em seus voos e pacotes, que inclui um serviço 5 estrelas com tudo incluído (refeições gourmet de cortesia, open bar e outros benefícios) e reunindo os viajantes em três zonas específicas da aeronave para fornecer uma experiência personalizada. Os solteiros terão a chance de viajar na High Zone, os casais serão mimados na Love Zone e as famílias poderão se encontrar na Heart Zone, localizada na parte traseira da aeronave, perto dos lavatórios e comissários de bordo”.

A empresa aérea tenta criar seu próprio conceito de viagem. Os executivos defendem haver empresas tradicionais, low-cost e ultra-low-cost, mas que a OWG não está em nenhuma dessas, por ser uma empresa que chamam high love. Seus aviões carregam uma chamativa pintura com um logo em forma de coração, reforçando o seu estilo de “alto amor”.

Essa é a primeira vez que se ouve uma iniciativa como essa, o que gerou grande marketing espontâneo para a empresa aérea.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias