Embraer anuncia cooperação entre Eve e Beacon

A plataforma Beacon (esq.) e o veículo da Eve (dir.) – Imagem: Embraer

A Embraer anuncia hoje, 1º de julho, a cooperação entre a Eve Urban Air Mobility Solutions (Eve) e o Beacon, plataforma de gestão de manutenção da EmbraerX, voltada para a expansão do portfólio de soluções de serviços e suporte da Eve.

A startup se beneficiará da tecnologia do Beacon, que conecta e coordena recursos do ecossistema de serviços da indústria de uma forma mais ágil, colaborativa e eficiente para manter aeronaves voando. Tanto a Eve como o Beacon foram criados pela EmbraerX, aceleradora de negócios disruptivos da Embraer.

“Esta iniciativa destaca um pilar importante do nosso plano estratégico, o Fit for Growth, uma vez que reforça a relevância da inovação e da diversificação para o crescimento sustentável da companhia. A Eve e o Beacon estão trazendo nova dinâmica ao mercado, criando soluções disruptivas para a mobilidade aérea urbana. Iniciativas como essa impulsionam o futuro do nosso negócio”, disse Francisco Gomes Neto, presidente e CEO da Embraer.

O Beacon, que recentemente anunciou acordos com a ABS Jets e com a The Mobile Repair Team (MRT), está criando uma posição própria na indústria de serviços digitais e agnósticos, aproximando os profissionais que trabalham com soluções para manutenções não-programadas de forma a promover sinergias e acelerar o retorno de aeronaves à operação.

No final de abril deste ano, a plataforma concluiu mais de 35 mil processos de manutenção não programados para mais de mil usuários. A expectativa é que esses números cresçam à medida que a indústria da aviação se recupere da crise da Covid-19.

Apoiada nos mais de 50 anos de experiência da Embraer na fabricação e certificação de aeronaves, a Eve apresenta uma proposta de valor única ao oferecer um amplo conjunto de produtos e serviços para desenvolver o ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana (UAM, na sigla em inglês).

Seu projeto de aeronave elétrica de pouso e decolagem vertical (eVTOL), de zero emissões e baixo ruído, com design simples e intuitivo, continua alcançando marcos relevantes de desenvolvimento, incluindo o primeiro voo do simulador de engenharia em julho de 2020 e do modelo em escala em outubro de 2020.

Além do programa de aeronaves, a Eve se beneficia da experiência da Atech, subsidiária do Grupo Embraer, no fornecimento de software de gerenciamento de tráfego aéreo mundialmente reconhecido para criar soluções, a partir de agora, que ajudarão a dimensionar com segurança a indústria de Mobilidade Aérea Urbana.

Informações da Embraer

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Motor PW P&W GTF PW1100G

Nova ferramenta identifica fenômeno antes que ele destrua o motor do...

0
Motores de combustão, como os de aeronaves, permanecem sob risco de danos catastróficos por um fenômeno chamado "oscilações de combustão".