Embraer e United assinam contrato para até 39 E175s

A Embraer (futuramente Boeing Brasil) anunciou hoje, na 53ª edição do Paris Air Show, que assinou contrato com a United Airlines para até 39 jatos E175. O pedido inclui 20 pedidos firmes e 19 opções com as aeronaves sendo configuradas com 70 assentos.

O pedido tem um valor de US $ 1,9 bilhão, com base nos atuais preços de lista da Embraer, com todas as opções sendo exercidas. O pedido firme será incluído na carteira de pedidos (backlog) da Embraer do segundo trimestre de 2019. As entregas têm previsão de início no segundo trimestre de 2020. Essas aeronaves substituirão aviões de 70 lugares mais antigos que atualmente operam com os parceiros regionais da United.

Incluindo este novo contrato, a Embraer vendeu mais de 585 jatos E175 para companhias aéreas na América do Norte desde janeiro de 2013, sendo responsável por mais de 80% de todos os pedidos neste segmento de jatos de 70 a 76 assentos.

A Embraer é fabricante e líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos e possui mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves entregues. Hoje, os E-Jets estão voando na frota de 75 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Da assessoria de imprensa

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.