Embraer E195-E2 realiza testes em pista alagada




O presidente e CEO da Embraer, John Slattery, comemora: “A certificação de nosso E195-E2, nosso maior jato, continua na programação para 2019. No início do mês passado em nossa instalação de Gavião Peixoto, realizamos testes em pista alagada para identificar os efeitos do spray de água em motores e outros sistemas da aeronave. A certificação requer que não haja degradação no desempenho dos motores, APU, ou sondas que medem a velocidade e altitude. Como esperado, o E195-E2 facilmente passou pelos testes.

Enquanto um dos protótipos é utilizado nos ensaios de aerodinâmica e desempenho, um segundo avião experimental é empregado na validação de tarefas de manutenção e de interior.

O E195-E2 tem três fileiras a mais de assentos quando comparado ao E195 da atual geração, podendo ser configurado com 120 lugares em duas classes de serviço, ou até 146 em classe única. A aeronave também tem aumento significativo de alcance, de mais de 800 quilômetros (450 milhas náuticas), o que possibilitará viagens de até 4.500 quilômetros (2.450 milhas náuticas) de distância.

Avião Embraer E195-E2 Profit Hunter

Embraer E195-E2 “Profit Hunter”

Em relação a seu principal concorrente, o CSeries, da canadense Bombardier, projeto atualmente adquirido pela Airbus e rebatizado como Airbus A220, ele promete ser mais eficiente em economia de combustível e também de transportar mais passageiros. Os jatos E2 já contam com mais de 270 pedidos no mercado, sendo a Azul a primeira operadora do modelo no Brasil.

É interessante aguardar para ver como, e se, a Boeing pretende explorar a marca do #ProfitHunter em termos mundiais, diante de sua inédita parceria firmada com a Embraer e aprovada por seu fundador, Ozires Silva.

Embraer e Boeing: opinião de Ozires Silva sobre a parceria


 

Embraer E195-E2 testes em pista alagada

André Le Senechal

Piloto comercial, ICAO 5. Formando no Bacharelado de Aviação Civil. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Profissional de infraestrutura aeroportuária e controle/despacho operacional de voos. Plane Spotting e Simuladores de voo.