Embraer entrega oficialmente 1º E195-E2 para a Azul

A Embraer entregou hoje as chaves para a primeira operadora do E195-E2 do mundo: a brasileira Azul Linhas Aéreas.

Embraer E195-E2 da Azul

A aeronave no momento está em Porto Alegre, de onde seguirá para Montevidéu e depois Confins em processo de nacionalização, conforme adiantamos com exclusividade.

Este processo é necessário já que a efetiva dona do avião é a irlandesa AerCap, que aluga o avião para a Azul Linhas Aéreas, operadora da aeronave, através do regime de leasing.

Então mesmo sendo um avião de fabricação nacional, por ser de dono irlandês tem que ser nacionalizado. A previsão de chegada no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte é para as 16h00 local!

Para acompanhar o jato no trajeto de nacionalização, basta clicar neste link do FlightRadar24.

O motivo para que a nacionalização seja feita em Confins e não em Porto Alegre, por exemplo, é mais simples do que se imagina: impostos.

O governo de Minas Gerais zerou a alíquota do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço – para nacionalizações de aeronaves no estado.

Como a nacionalização é uma espécie de importação, ela está sujeita a diversos impostos como II, IPI, PIS e Cofins.

São tantos impostos que cada economia vale a pena sobre o alto valor de uma aeronave. Estima-se que a economia da Azul (e também de outras aéreas) nesse processo seja na ordem de R$7 milhões.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos