Embraer espera certificar o 190-E2 dentro de duas semanas

Imagem: Divulgação / Embraer.

Após completar na última semana os testes de certificação do novo E190-E2, a Embraer espera que o modelo receba seu certificado de tipo dentro de mais duas semanas. A expectativa foi comentada pelo Diretor de Análise de Mercado, Tobias Caldas, segundo reportou o FlightGlobal.




Os requisitos de certificação foram atingidos após a Embraer completar mais de 2.000 horas de voos de teste na nova variante do E190, que conta com novas asas e motores, segundo comentou Caldas no último dia 14 de fevereiro na conferência Pacific Northwest Aviation Alliance, nos Estados Unidos.

A expectativa mantém a Embraer dentro de sua perspectiva de entregar a primeira unidade do novo E-Jet para a Wideroe, da Noruega, para início das operações em 24 de abril deste ano.

Ainda segundo Caldas, além do programa de voo, o E190-E2 também completou mais de 45.600 horas de testes em solo. A projeto da família EJet-E2 foi lançado em 2013 no Paris Air Show, uma década após a entrada em serviço do primeiro E170.

O E2 foi projetado com novos motores Pratt & Whitney PW1900G, asas redesenhadas para maior eficiência operacional, cockpit Honeywell Primus Epic de segunda geração e sistema de controle fly-by-wire (comandos das superfícies móveis enviados eletricamente ao invés da utilização de cabos de aço). A fuselagem dos E-Jets originais foi mantida, porém seu interior foi alterado para reduzir peso e aumentar o espaço e conforto dos passageiros.

 
Com informações do FlightGlobal.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.