Embraer fala dos E-Jets da nova empresa de Neeleman, que voa pela 1ª vez hoje

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem: Breeze Airways / Embraer

A Breeze Airways, nova companhia aérea americana do fundador da JetBlue e da Azul, David Neeleman, foi lançada hoje com uma frota planejada de 13 jatos Embraer.

Os primeiros voos operam entre Charleston, na Carolina do Sul, Tampa, na Flórida, e Hartford, em Connecticut, a partir de hoje, com os destinos restantes a serem adicionados a cada semana até julho de 2021.

Segundo a fabricante brasileira Embraer, a Breeze receberá todos os 13 jatos arrendados durante o verão no hemisfério norte, alcançando um número inicial de dez E190 e três E195, com planos de aumentar a frota antes do final do ano.

Como fundador das companhias aéreas JetBlue e Azul, a experiência de Neeleman na expansão de companhias aéreas e rotas usando os E-Jet da Embraer é notável. A Breeze declara estar criando uma companhia aérea que oferece uma experiência “realmente agradável”, com tarifas baixas e alta flexibilidade, servindo destinos a partir de quatro aeroportos principais – Tampa, na Flórida; Charleston, na Carolina do Sul; Nova Orleans, na Louisiana; e Norfolk, na Virgínia.

David Neeleman, CEO e fundador da Breeze Airways, disse que os E-Jets da Embraer são fenomenais na concepção de novas companhias aéreas e no crescimento e suporte de novas rotas. “Eles são os melhores nisso, como comprovado nas minhas companhias aéreas anteriores – e sem assentos no meio! A flexibilidade que a família de aeronaves oferece nos permite atender à demanda flutuante de forma lucrativa – exatamente o que todas as companhias aéreas precisam no momento. Ter os E-Jets como parte central de nossa equipe me dá uma confiança enorme.”

Devid Neeleman – Imagem: Breeze Airways

Mark Neely, Diretor de Vendas da Embraer para as Américas, disse: “É ótimo fazer parte de outro projeto de companhia aérea de Neeleman. O lançamento da Breeze com uma frota da Embraer é um endosso do valor que essas aeronaves oferecem, permitindo à Breeze estabelecer novas rotas ponto a ponto em mercados pouco atendidos, trazendo a conectividade necessária, protegendo rendimentos, gerenciando a demanda e fazendo isso de forma lucrativa.”

Os jatos E190 serão configurados para acomodar 108 passageiros, enquanto as aeronaves E195 terão 118 assentos. No início deste mês, a Breeze assinou com a Embraer um contrato de longo prazo para o Programa Pool de suporte que fornecerá uma ampla variedade de componentes reparáveis para a frota de jatos E190 e E195 da companhia aérea.

O acordo inclui cobertura total de reparação de componentes e peças, assim como acesso a um grande estoque no centro de distribuição da Embraer, apoiando o início da operação da companhia aérea.

Informações da Embraer

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias