Embraer ganha um improvável cliente para seus E-Jets na Líbia

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Uma nova companhia aérea da líbia, batizada de Fly Desert, acaba de dar mais informações sobre suas futuras operações em seu recém-lançado site na internet. Além de escassos detalhes operacionais, a página menciona que a frota da companhia aérea será inicialmente composta por dois Embraer E190 E1.

Nota-se que a empresa aérea é de poucas palavras e já chegou a deixar algum mistério no ar recentemente, quando postou imagens de vários modelos de aviões com suas cores em seu perfil no Twitter, inclusive um Boeing 787 e um 737-800, além do E-Jet. No entanto, parece que a decisão final inclinou para o lado do Brasil.

Ainda não há muitas informações sobre a empresa, no entanto o mapa de rotas mostra duas operações acontecendo em paralelo, uma baseada em Trípoli e outra em Benghazi, com apenas voos domésticos num primeiro momento, mas com a promessa de voos internacionais para o futuro.

https://twitter.com/flydesertly/status/1251618303522549761

Voar na Líbia nunca foi tarefa fácil. Com uma guerra civil se estendendo por anos, os aeroportos costumam estar no centro dos alvos de terroristas e guerrilheiros. Recentemente, reportamos por aqui sobre dois aviões Airbus, um A320 e um A330, danificados por morteiros no aeroporto de Tripoli. Embora o A330 esteja em manutenção, o A320 será retirado de operação.

Esperamos que esse não seja o destino dos Embraer da Fly Desert.

A quem quiser se aventurar a ler em árabe, o site da empresa aérea na internet pode ser acessado por aqui, mas, felizmente, para os demais mortais há uma versão em inglês.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Empresa aérea liga para a pessoa errada para avisar que parente...

0
Um médico anestesista indiano está processando a Air India depois que a empresa declarou erroneamente que a esposa dele havia morrido durante um voo.