Embraer informa parceria para uso de combustível sustentável de aviação

Imagem: Embraer

A Embraer e a Avfuel Corporation anunciam hoje sua recente cooperação para levar o combustível sustentável de aviação Neste MY Sustainable Aviation FuelTM (SAF) para o Aeroporto Internacional de Orlando em Melbourne, na Flórida.

O acordo ocorre no momento em que a Embraer anuncia seu compromisso para a ação climática, como alcançar operações neutras em carbono até 2040 e apoiar a meta da indústria de aviação de emissões líquidas de carbono zero até 2050.

Ambos incluem a integração do uso de SAF (sigla em inglês para combustível sustentável de aviação) em suas iniciativas de sustentabilidade. Como parte da colaboração, a Avfuel forneceu à Embraer o Neste MY SAF em suas instalações de Melbourne, entregando o combustível à Sheltair (KMLB) para armazenamento e manuseio. A Embraer pretende usar o SAF em operações em andamento na sede de seu jato executivo em Melbourne.

A Avfuel forneceu sua primeira entrega do combustível para a Embraer na Sheltair Melbourne em 14 de julho. Cada caminhão (aproximadamente 8.000 galões) do combustível da unidade da Neste em Houston proporciona uma redução de 19,1 toneladas métricas nas emissões de carbono ao longo de seu ciclo de vida – equivalente à quantidade de carbono sequestrado por 23,4 acres de florestas dos EUA por ano.

Imagem: Embraer

Imagem: Embraer

O SAF é a maneira mais eficaz de reduzir a pegada de carbono de um voo e, no futuro, o SAF poderia entregar até 80% menos emissões de gases de efeito estufa em comparação ao combustível de aviação tradicional em sua forma pura.

“Não poderíamos estar mais satisfeitos com a parceria com a Embraer para promover iniciativas de sustentabilidade”, disse Craig Sincock, presidente e CEO da Avfuel.

“Estamos honrados em fornecer à Embraer a solução líder em sustentabilidade da aviação executiva – SAF – e admirar sua determinação contra as mudanças climáticas. Ao usar o SAF, a Embraer não está apenas proporcionando uma redução significativa nas emissões de carbono, mas também promovendo o uso de SAF junto aos operadores”, afirmou Sincock.

“Na Embraer temos um patrimônio profundamente arraigado no ambientalismo, o que nos impulsiona na busca de soluções para um futuro mais sustentável para a aviação executiva. Como parte dessas soluções, já começamos a usar o SAF ao voar para eventos do setor e agora estamos dando mais um passo adiante”, disse Michael Amalfitano, presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva.

“Como acabamos de anunciar nossos compromissos ESG, é crucial dar o exemplo para mostrar à nossa comunidade local, aos nossos clientes e aos nossos operadores que estamos fazendo a nossa parte e tomando medidas imediatas para criar um ecossistema mais sustentável de viagens aéreas”, completa o presidente.

A Embraer e a Avfuel fazem parte da Coalizão de Aviação Comercial para Combustível de Aviação Sustentável (Business Aviation Coalition for Sustainable Aviation Fuel) lançada em 2018 e têm promovido discussões sobre o rumo a seguir para a adoção contínua de SAF na aviação executiva, bem como apoiado a indústria, conduzindo eventos e a Embraer voando toda sua linha de jatos executivos para alguns desses eventos sobre SAF. A coalizão tem como objetivo reduzir as emissões por meio de investimentos e inovação.

“Como a aviação executiva continua crescendo, o combustível sustentável é vital para o avanço de toda a indústria e da proteção do meio ambiente”, disse Jamie Toler, Gerente Geral da Sheltair Melbourne. “Estamos satisfeitos por atuarmos como um instrumento de mudança graças ao nosso relacionamento e parceria com a Embraer e a Avfuel. Nosso compromisso mútuo só fortalecerá programas mais favoráveis ao meio ambiente.”

O Neste MY SAF é feito de recursos renováveis de origem sustentável e materiais residuais – como óleo de cozinha usado. É um combustível drop-in que, uma vez misturado a um combustível derivado de petróleo para aviação, atende à especificação ASTM D-1655 para combustível de aviação.

Isso torna a Neste MY SAF uma solução ideal para reduzir diretamente as emissões de gases de efeito estufa das aeronaves, não exigindo novos investimentos, modificações ou mudanças na aeronave ou nos procedimentos de distribuição de combustível.

Informações da Embraer

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Com debandada de pilotos, Atlas Air deverá abrir vagas para brasileiros

0
A falta de pilotos na Atlas Air atingiu um pico histórico, e a agora a aérea abrirá vagas para estrangeiros, inclusive brasileiros.