Início Aviação Militar Embraer libera vídeo com cenas das certificações e marcos do grande jato...

Embraer libera vídeo com cenas das certificações e marcos do grande jato C-390

A Embraer liberou um interessante vídeo com uma compilação de lindas imagens referentes a cada uma das metas de certificação e marcos conquistados até agora pelo maior avião já projetado na história da indústria aeronáutica do Brasil, o C-390 Millennium. Veja a seguir a gravação e, logo depois, uma breve explicação sobre cada uma das mensagens apresentadas.

No vídeo acima, as cenas vão sendo acompanhadas de mensagens que explicam do que se trata cada aspecto que foi buscado pelas equipes de projeto da Embraer, para tornar o avião uma referência de versatilidade e eficiência nos seus segmentos de atuação.

A primeira mensagem, em torno dos 11 segundos de vídeo, diz respeito à alta taxa de disponibilidade da aeronave para voo, ou seja, um projeto em que o operador não perde tempo em longas paradas de solo por aspectos como preparação da missão ou manutenção.

Depois, por volta dos 18 segundos, a Embraer apresenta a mensagem sobre a conquista, em outubro de 2018, da conclusão da primeira unidade de série. Uma unidade de série é aquela que vem após o(s) protótipo(s) de um projeto.

Em seguida, aos 24 segundos, destaca-se, ainda em outubro de 2018, a Certificação de Tipo dada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) ao KC-390, o que constata a aprovação da aeronave conforme os requisitos regulamentares (Obs.: a inclusão da letra K na designação de uma aeronave indica capacidade de reabastecer outras aeronaves em voo).

Aos 30 segundos, a mensagem e a cena mostram o sucesso nas avaliações da eficiência do processo de completa evacuação do avião quando ocupado por um alto número de pessoas a bordo.

Então, aos 38 segundos, é a vez de apresentar os testes de certificação de fevereiro de 2019 da capacidade de entrega aérea de cargas através de 24 contêineres, mas liberados de dentro do C-390 apenas pela ação da gravidade.

Depois, aos 43 segundos, as imagens são de testes feitos em maio de 2019 nos Estados Unidos, para a certificação da extração em pleno voo de grandes cargas para entrega aérea, usando uma plataforma de 32 pés (9,75 metros) de comprimento.

Logo em seguida, aos 46 segundos, o destaque é para a avaliação, em junho de 2019, capacidade de operação do C-390 em campos de pouso de alta altitude, fundamental para saber se o avião é eficiente também nas difíceis condições de ar rarefeito das regiões mais altas do planeta.

O próximo passo, aos 53 segundos, são os testes de julho de 2019 sobre a capacidade do KC-390 de reabastecimento aéreo dos caças F-5 e A1 da Força Aérea Brasileira (FAB).

Chegando em 1 minuto de vídeo, é hora de ver o marco da entrada oficial em serviço do maior avião da história da indústria aeronáutica do Brasil, com a entrega do primeiro KC-390 da FAB em setembro de 2019.

Em 1 minuto e 7 segundos, vê-se a linda cena do C-390 em outubro de 2019 usando o sistema de flare, que faz parte da certificação do sistema de auto-proteção de aeronave contra ataques inimigos em voo. Os flares servem para despistar mísseis guiados por calor.

Na próxima mensagem, em 1 minuto e 11 segundos do vídeo, há um avanço até dezembro de 2020, com o destaque para o marco de quatro aviões Millennium já operacionais na FAB.

Em 1 minuto e 15 segundos, as cenas são da qualificação conquistada em março de 2021 sobre a capacidade de um KC-390 reabastecer em voo outro avião do mesmo tipo, algo restrito a poucos modelos no mundo.

Depois, em 1 minuto e 20 segundos, mostra-se os recentes testes em abril deste ano, sobre a versatilidade e eficiência da liberação rápida de cargas em ambiente de combate.

Em 1 minuto e 27 segundos, ainda referente a abril, as cenas e a mensagem são relativas à certificação para o uso de tanques auxiliares de combustível no interior da fuselagem, o que dá maior alcance operacional para o C-390 ao ter mais volume do que aquele apenas disponível nos tanques originais da aeronave.

Em 1 minuto e 32, o destaque é para o ganho de velocidade na produção em série do modelo, com as unidades 008, 009, 010 e 011 todas ao mesmo tempo na fase final de montagem e outras unidades já na fase intermediária de montagem estrutural.

Por fim, há mais uma série de cenas da aeronave em voo para concluir o belo vídeo do histórico do Programa C-390 Millennium.