Embraer recebe certificação de ANAC e FAA para Sistema de Visão Sintética do Praetor

A Embraer anunciou que o Sistema de Orientação por Visão Sintética, do inglês Synthetic Vision Guidance System (SVGS), para os jatos executivos de porte médio Praetor 500 e supermédio Praetor 600, recebeu a certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e da Federal Aviation Administration (FAA), respectivamente autoridades de aviação civil do Brasil e dos Estados Unidos, a. A Embraer é o primeiro fabricante aeronáutico a receber a aprovação da certificação SVGS.

O sistema SVGS orienta os pilotos quanto à posição, velocidade e trajetória de aproximação para pouso, facilitando a transição entre o voo por instrumentos e a utilização de referências visuais e permitindo a conclusão segura de mais missões sob baixa visibilidade. O sistema permite que os pilotos operem a aeronave até uma altura de decisão de 150 pés (SA-CAT I), ao contrário da altura de decisão normal de 200 pés, aumentando a eficiência operacional e permitindo o pouso durante condições climáticas adversas. O SVGS pode ser usado com ou sem o Head-Up Display (HUD) e agora está disponível para novas aeronaves e é compatível com todas as aeronaves Legacy 450, Legacy 500, Praetor 500 e Praetor 600, podendo ser instalado em qualquer Centro de Serviços Autorizado ou próprio da Embraer.

“Na Embraer, temos o compromisso de sempre melhorar nossos produtos, que já são os melhores em suas categorias, para oferecer a melhor experiência em aviação executiva. Apenas dois meses após certificar a porta elétrica e implementar o filtro HEPA como padrão, temos o orgulho de certificar mais uma inovação para os jatos Praetor 500 e Praetor 600”, disse Michael Amalfitano, Presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva. “Graças à nossa equipe de engenharia incomparável e à excelente parceria mundial com a Collins Aerospace, a Embraer tem o orgulho de oferecer o primeiro Sistema de Orientação por Visão Sintética da aviação executiva nos jatos Praetor 500 e Praetor 600, reforçando ainda mais sua posição como os jatos executivos de porte médio e supermédio, respectivamente, mais disruptivos e tecnologicamente avançados no mercado.

O SVGS é um item opcional que se soma à consagrada cabine de comando Collins Aerospace Pro Line Fusion no Praetor 500 e Praetor 600. Quando instalado sozinho, o SVGS permite aumentar a consciência situacional em relação aos equipamentos básicos do avião. Quando combinado com o Embraer Enhanced Vision System (E2VS), a eficiência operacional da aeronave ainda superior, , maximizando o incomparável desempenho de pista da família Praetor.

Informações da Embraer

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias