Emirates contratará 6.000 funcionários nos próximos 6 meses

Tripulação da Emirates – Imagem: Emirates

A Emirates informa que pretende aumentar sua força de trabalho planejando recrutar mais de 6.000 funcionários nos próximos seis meses. À medida que as restrições diminuem em todo o mundo com a administração mais ampla da vacina, mais pilotos, comissários de bordo, especialistas em engenharia e equipe de terra serão necessários para apoiar o aumento das operações da companhia aérea em sua rede global.

A empresa já restaurou 90% dos destinos de sua rede e está a caminho de atingir 70% de sua totalidade de voos do período pré-pandêmica até o final de 2021. A companhia aérea tem complementado seus horários de voos com frequências maiores para atender à demanda reprimida, além de estar implantando o Airbus A380 de dois andares e alta capacidade em rotas populares. Além disso, em novembro, a Emirates oferecerá mais de 165.000 assentos adicionais em suas aeronaves A380.

O Presidente e CEO da Emirates, Ahmed bin Saeed Al Maktoum, disse:

“A Emirates sempre esteve no centro do crescimento de Dubai. Nossa necessidade de 6.000 funcionários operacionais adicionais significa a rápida recuperação que a economia de Dubai está testemunhando e levará a oportunidades e outros desenvolvimentos positivos em vários outros negócios, incluindo aqueles nos setores de consumo, viagens e turismo.

“Temos restaurado com prudência nossas operações em linha com os protocolos de reabertura de fronteiras e facilidade de viagens, e com os sinais positivos de recuperação econômica e crescimento contínuo da demanda, temos esperança de voltar ao ponto em que estávamos antes da pandemia, a partir de meados de 2022”.

Em setembro, a Emirates embarcou em uma campanha mundial para recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 funcionários de serviços aeroportuários para se juntarem ao hub de Dubai para atender às necessidades operacionais decorrentes da recuperação da indústria de viagens. À medida que a demanda por viagens ganha mais tração do que o previsto anteriormente, a Emirates agora precisará de 700 funcionários adicionais em Dubai e em toda a sua rede.

Além disso, a companhia aérea está oferecendo oportunidades de carreira para 600 pilotos qualificados interessados ​​em ingressar na equipe de Operações de Voo com base em Dubai.

Como parte da campanha de recrutamento, a Emirates também pretende reforçar sua equipe de engenharia, com a contratação de 1.200 técnicos qualificados, entre engenheiros de aeronaves e equipe de suporte de engenharia, a serem baseados em Dubai e outras estações. Sua frota atualmente compreende 263 aeronaves widebody e a companhia aérea tem uma série de novas aeronaves para atender à demanda futura, incluindo os modelos Airbus A350, Boeing 787-9 e Boeing 777-X.

Todas os Boeing 777 da Emirates estão em serviço ativo, operando para mais de 120 destinos em missões de passageiros e carga. A companhia aérea também voa atualmente com sua aeronave principal A380 para 18 cidades, e isso em breve será ampliado em mais de 65% para atingir 27 destinos no final de novembro. Em dezembro, os dois últimos A380 novos serão entregues para se juntar à frota da Emirates e cerca de 50 de suas aeronaves A380 terão retornado ao serviço ativo. 

Os candidatos que desejam se inscrever para ingressar na tripulação de pilotos, tripulação de cabine, equipe de serviços de aeroporto e outras funções da Emirates podem obter informações clicando aqui.

Informações da Emirates

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Comandante Sully, o herói do rio Hudson, assume importante cargo na...

0
O Senado americano confirmou, na semana passada, o piloto Chesley "Sully" Sullenberger como seu embaixador na Organização