Emirates volta com TV ao vivo nos voos, mas wi-fi só pagando

A principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, a Emirates, anunciou na terça-feira, 22 de junho, que o serviço de TV ao vivo estará de volta aos seus passageiros, mas não comentou sobre o wi-fi gratuito.

TV ao vivo nos voos da Emirates / Imagem: Emirates

Os produtos de entretenimento e Wi-Fi a bordo, suportados pela plataforma da Panasonic Avionics, e que são oferecidos nos Boeing 777 e A380 da frota da Emirates, estavam inativos desde o ano passado, quando a companhia resolveu desativá-los para evitar custos de licenciamentos e também evitar contatos, diante de uma baixa demanda por voos e quase nenhum torneio esportivo (foco das transmissões ao vivo) frente à pandemia da COVID-19.

Agora, a companhia comenta que os passageiros que estiverem a bordo da aeronave poderão ter acesso aos Jogos Olímpicos de Verão de 2020, UEFA Euro 2020, outros esportes e ligas importantes, como Wimbledon 2021, o British Open, as finais da NBA, o PGA tour, MotoGP entre outros.

O Sport 24 e o Sport 24 Extra da IMG são os primeiros e únicos canais de esportes ao vivo para a indústria aérea e estão disponíveis exclusivamente na Panasonic Avionics. Os canais incluem cobertura aérea exclusiva da Liga dos Campeões da UEFA, Premier League, NFL, NBA, NHL, Grand Slams de Tênis, Golf Majors e Ryder Cup, NRL e muito mais.

Investindo continuamente para atualizar seu conteúdo a bordo ao longo do ano passado, a Emirates está adicionando cerca de 100 filmes a cada mês à extensa biblioteca e todas as classes a bordo podem desfrutar de até 4.500 canais de programação, incluindo mais de 1.000 canais para cinéfilos e 130 canais para crianças.

Sem wi-fi gratuito a bordo

Ao que tudo indica, a companhia aérea não irá mais oferecer o serviço de wi-fi gratuito em seus voos, que estava ativo até o ano passado e que precisou ser suspenso também devido a crise da COVID-19. Conforme relata o Paddle Your Own Kanoo, para subsidiar o serviço de gratuito a seus passageiros a companhia gastava milhões de dólares, oferecendo dados de internet limitados para cada viajante.

Quando o serviço foi cortado, no ano passado, um porta-voz da Emirates disse que a companhia estava monitorando de perto a evolução e que o serviço gratuito retornaria assim que fosse praticável. O serviço de wi-fi agora é oferecido para os passageiros mediante pagamento, e que só os viajantes frequentes e premium da companhia aérea têm acesso à internet de forma gratuita.

Na semana passada, o Grupo Emirates divulgou seu primeiro ano de perda em mais de 30 anos, causada por uma queda significativa na receita, totalmente atribuída ao impacto das restrições de voos e viagens relacionadas à Covid-19 durante todo o ano financeiro de 2020-2021.

O Grupo divulgou seu Relatório Anual 2020-2021, mostrando perda de US$ 6,0 bilhões no ano financeiro encerrado em 31 de março de 2021, em relação ao lucro de US$ 456 milhões no ano anterior.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Com debandada de pilotos, Atlas Air deverá abrir vagas para brasileiros

0
A falta de pilotos na Atlas Air atingiu um pico histórico, e a agora a aérea abrirá vagas para estrangeiros, inclusive brasileiros.