Emirates anuncia volta dos voos para Clark. Clark? Onde fica isso?

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Boeing 777-300ER Emirates
Boeing 777 da Emirates – Imagem: BriYYZ [CC]

A Emirates anunciou hoje a retomada de seus voos de passageiros para Clark, com seis voos semanais a partir de 1º de agosto, ampliando sua rede global para 68 destinos em agosto. Mas, afinal, existe um lugar chamado Clark? Sim, existe!

A Clark Freeport and Special Economic Zone (CFEZ), também conhecida como Clark, é uma área que abrange a cidade de Angeles e as províncias de Pampanga e Tarlac, todas nas Filipinas.

Clark Angeles Freezone
Entrada da Clark Freezone em Angeles – Imagem: Ramon FVelasquez [CC]

Mapa da CFEZ [CC]

A CFEZ abrange a área de uma antiga instalação da Força Aérea dos Estados Unidos, a Clark Air Base. A maior parte dessa base aérea foi convertida no Aeroporto Internacional Clark, enquanto alguns setores permaneceram sob o controle da Força Aérea das Filipinas.

Clark forma o centro de negócios, indústria, aviação, educação e turismo nas Filipinas, além de um centro de lazer, fitness, entretenimento e jogos na Central Luzon, uma região administrativa filipina.

Com a retomada dos voos para Clark, serão dois destinos nas Filipinas servidos por voos programados da Emirates – em 11 de junho a Emirates já havia retomado os voos para a capital Manila.

Todos os voos para Clark serão operados com aeronaves modelo Boeing 777-300ER e oferecem dois horários por semana para atender às necessidades de viagem dos clientes. Com a retomada de voos para o São Paulo a partir de 2 de agosto, os brasileiros poderão viajar para os dois destinos das Filipinas via Dubai.

Informações oficiais da Emirates

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias