Empresa aérea explica como funciona o WiFi a bordo de seus aviões

Imagem ilustrativa: KLM, via YouTube

Em terra, a internet sem fio ou WiFi funciona graças a um modem e um roteador, que enviam dados por ondas de rádio após recebê-los de uma fonte (um cabo ou uma antena emissora). Os diferentes dispositivos, como telefones celulares ou computadores, por sua vez, são equipados com um sistema que recebe e envia os sinais. E nos aviões, como funciona enquanto eles estão em voo, longe das antenas e dos cabos das provedoras de internet?

A KLM mostra o processo de instalação e modo de funcionamento deste serviço, tão solicitado e apreciado pelos passageiros, em um novo vídeo da série “Intern in a Mission” (Estagiário em Missão, em português).

Na rota Rio de Janeiro-Amsterdã, o serviço de WiFi a bordo da companhia holandesa está disponível em todos os voos, que são operados com Boeing 787-9. Já na rota São Paulo-Amsterdã, cujos voos são operados com o Boeing 777, o serviço está disponível na maioria dos equipamentos.

A KLM passou a oferecer Wi-Fi a bordo de suas aeronaves de longo curso em 2015. Hoje, 81% de sua frota de longo curso está equipada com este serviço e, agora, sua frota de curto e médio curso também está sendo equipada, para que os clientes em seus voos europeus também aproveitem este serviço. Em 2022, 18 aeronaves em voos de curta distância da KLM estarão equipadas com WiFi.

Para conferir todos os detalhes explicados pela KLM sobre o WiFi a bordo, veja o vídeo no player a seguir (você pode ativar as legendas em português através das configurações no canto do vídeo).

Informações da KLM

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Estacionamento da Disney World esconde a pista de um aeroporto desativado

0
Aos 50 anos, o Walt Disney World Resort, na Flórida, EUA, guarda muitas histórias. Uma delas, é do aeroporto que operou apenas por nove anos.