American investe mais de US$1 milhão em bolsas para filhos de funcionários

A American Airlines Education Foundation, fundação da empresa aérea American Airlines, concedeu US$ 1.161.500 em bolsas de estudo para 425 filhos de membros de sua equipe de colaboradores neste ano, a maior quantia já distribuída, incluindo uma contemplada no Brasil, como detalhado a seguir.

Cada beneficiário recebeu uma bolsa de 2.500 dólares, com cada um dos 99 estudantes universitários da primeira geração recebendo um prêmio adicional de 1.000 dólares.

“Nossa família investiu muito na educação de nossa filha e, como a maioria dos pais sabe, nem sempre é fácil”, disse Vera Velitchkova, Agente Premium de Atendimento ao Cliente em Phoenix, EUA. “Nos últimos quatro anos, a American compartilhou esse investimento conosco, tornando-o mais acessível. Estar rodeada de aviões inspirou minha filha, Lorena, desde jovem, e agora ela está perseguindo seu sonho de um dia trabalhar na indústria aeroespacial. Ela trabalhou muito duro, e nós somos muito gratos que a American também reconheça isso.”

Em anos anteriores, os alunos foram homenageados em um evento comemorativo presencial. Este ano, no entanto, devido à pandemia de COVID-19, os alunos receberam pacotes de parabéns, acompanhados de uma mensagem do presidente e CEO da companhia, Doug Parker.

“O grupo de alunos deste ano sofreu muito com os inúmeros desafios trazidos pela pandemia. Apesar de tudo, eles continuaram a se destacar dentro e fora da sala de aula”, disse Ron DeFeo, presidente do Conselho da American Airlines Education Foundation e Vice-Presidente Sênior de Engajamento Global da American. “A classe de destinatários deste ano representa o melhor de nossa comunidade global. Não poderíamos estar mais orgulhosos de apoiá-los enquanto continuam em suas jornadas acadêmicas.”

Uma das ganhadoras da bolsa de estudos é a filha de uma funcionária da American no Rio de Janeiro. “É gratificante trabalhar em uma empresa que se preocupa não apenas com seus colaboradores, como também com suas famílias pelo mundo. Esta bolsa é mais que um privilégio, é um incentivo à minha filha de conquistar um futuro brilhante por meio dos estudos”, disse a colaboradora.

Este ano, pela primeira vez, descendentes de membros da equipe da Trans World Airlines (TWA) foram elegíveis para uma bolsa adicional fornecida pelo TWA Hotel, localizado no Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) de Nova York, em parceria com a Education Foundation. Um grupo de 16 alunos de todo o país recebeu um total de US$ 40.000.

“A American Airlines e o TWA Hotel formaram uma parceria para trazer uma nova vida à icônica marca TWA por meio do redesenvolvimento do TWA Flight Center no JFK, a casa da TWA em Nova York por quase 40 anos”, disse Tyler Morse, presidente e CEO da MCR, desenvolvedor do TWA Hotel.

“Durante o desenvolvimento, a equipe do empreendimento trabalhou em colaboração com a American, como sucessora e proprietária da marca TWA, para desenvolver o hotel de uma forma que celebre a história da empresa e suas contribuições para a aviação. Como parte dessa parceria, o TWA Hotel tem o orgulho de fornecer suporte contínuo para o programa de bolsas de estudo da companhia, homenageando os descendentes de funcionários da corporação”, complementa Tyler.

A Education Foundation recebeu mais de 1.100 inscrições como parte do processo seletivo. Gerenciado por especialistas em bolsas de terceiros, as bolsas são concedidas com base na necessidade financeira, desempenho acadêmico, envolvimento extracurricular e compromisso com serviço comunitário e voluntariado.

A American Airlines Education Foundation se dedica a apoiar iniciativas educacionais para dependentes de funcionários de companhias aéreas. Alunos do último ano do ensino médio e estudantes universitários de graduação podem se inscrever para as bolsas de estudo e podem receber o prêmio por até quatro anos.

“Trabalhar para a American me deu muitas oportunidades em minha própria vida para construir minha agenda de viagens em torno do meu filho e vê-lo competir em todo o país como corredor no ensino médio e agora na faculdade”, disse Grant Nichol, comissário de bordo da American em Los Angeles. “Como pai solteiro, ter a capacidade de fazer essas coisas significou muito. Jesus vai fazer coisas incríveis com sua vida, e esta bolsa vai ajudá-lo a chegar lá.”

Para mais informações sobre a bolsa de estudos da Fundação, visite aa.com/scholarships.

Informações da American Airlines

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Azul pode se tornar acionista da empresa de eVTOL alemã Lilium

0
Por meio de uma nota registrada na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC, a Azul Linhas Aéreas anunciou que poderá tornar-se