Empresa aérea russa passa a incorporar Braille em seus aviões

Cabine do Superjet 100 – Imagem: SuperJet International / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

A russa Rossiya Airlines, empresa aérea do Grupo Aeroflot, anuncia que, levando em consideração as necessidades de todas as categorias de passageiros, passa a garantir a utilização livre do transporte aéreo para passageiros cegos e deficientes visuais.

As novas aeronaves Superjet 100, fabricadas pela também russa Sukhoi, passaram a entrar na frota equipadas com etiquetas de informações que duplicam as informações em Braille. A presença das marcas táteis facilita a movimentação dos passageiros cegos e deficientes visuais pela cabine e permite que eles se orientem mais rapidamente a bordo da aeronave, o que torna o voo muito mais confortável para eles.

Braille é uma fonte tátil em relevo projetada para escrita e leitura por cegos e deficientes visuais, desenhada em 1824 pelo francês Louis Braille, usa pontos dispostos em colunas.

Nas laterais das aeronaves da Rossiya, adesivos adicionais especiais com marcações táteis reproduzem a numeração das filas e dos assentos, além de indicar informações no banheiro localizado no fundo da cabine da aeronave.

A Rossyia assinou um contrato firme para o fornecimento de mais 15 aeronaves Superjet 100 em classe totalmente econômica há poucas semanas – o documento foi assinado no âmbito do Salão Internacional de Aviação e Espaço MAKS-2021, realizado em julho. As três primeiras aeronaves já começaram a voar ao longo da rede de rotas da companhia a partir de Moscou e São Petersburgo.

No futuro, está prevista a adaptação de todas as aeronaves da frota da Rossiya com os adesivos especiais com marcações táteis.

Informações da Rossiya Airlines

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias