Esta empresa indiana pode ser a 1ª a voar com jatos Embraer E2 e Airbus A220

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Uma companhia aérea indiana tem planos ambiciosos de expansão, e estaria negociando uma encomenda de jatos regionais com a Airbus e a Embraer.

Trujet, VT-TMC | ATR 72-600 at BOM/VABB

Caso as negociações sejam frutíferas, será a primeira empresa do mundo a operar os concorrentes jatos regionais Airbus A220 e Embraer E2.

Segundo o portal MoneyControl, a indiana Trujet, que hoje conta apenas com uma pequena frota de sete aviões turboélices ATR 72, quer aumentar em mais de 10 vezes sua frota.

Para isso, estaria recorrendo à Airbus e à Embraer para fornecerem jatos regionais de maior capacidade. A capitalização da empresa será feita por Laxmi Prasad, empresário indiano que já tentou comprar a Air India, que seria privatizada, sem sucesso.

“Nós planejamos expandir os serviços pelo país, estrangeiros e também em segmentos como carga, fretamentos privados e serviços de ambulância aérea com helicópteros. Iremos operar em escala completa”, afirmou Laxmi ao MoneyControl.

A encomenda seria de 54 jatos Embraer E190-E2, que levam até 114 passageiros, e mais 54 aviões Airbus A220, podendo ser da variante A220-100 ou A220-300, com capacidade de 100 até 150 assentos.

Avião Airbus A220-300

“A Embraer irá entregar três aeronaves a cada dois meses, já a Airbus será um avião a cada um mês e meio, com no máximo nove jatos por ano. Então deve demorar até seis anos para que a Airbus conclua sua entrega, e menos para da Embraer”, afirmou o empresário.

Entramos em contato com a Embraer para saber mais sobre o assunto, uma vez que os prazos de entrega revelados por Laxmi parecem indicar negociações em estágio avançado. A empresa, entretanto, informou que “não comenta possibilidade de negócios”.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias