Início Empresas Aéreas Enorme Boeing 747 é empurrado no braço por funcionários de aeroporto

Enorme Boeing 747 é empurrado no braço por funcionários de aeroporto

Já imaginou ter que empurrar no braço um Jumbo Boeing 747 com os seus colegas de trabalho? Parece loucura, mas aconteceu em Honduras.

O caso aconteceu no Aeroporto Internacional de San Pedro Sula, em Honduras, na América Central. O gigante jumbo Boeing 747-400 da Wamos foi até o país para mais um voo de repatriação, assim como o fez para São Paulo ao longo da última semana.

Porém, o aeroporto aparentemente não tinha o suporte necessário para receber um jato daquele porte. Para se ter uma ideia, o maior jato que opera regularmente lá é o Boeing 767 de diversas companhias aéreas cargueiras.

Não se sabe ao certo se não havia um trator ou caminhão potente o suficiente para fazer o pushback (empurrar a aeronave até a pista de táxi) ou se não havia uma barra adequada para conectar o trator ao Jumbo.

A única coisa que se sabe é que, sem muitas opções, em torno de 30 funcionários do aeroporto foram ordenados a empurrar o Jumbo para que ele pudesse dar partida a uma distância segura do terminal e taxiar até a pista. Eles se uniram ao redor dos pneus da aeronave e puseram toda a força que tinham para empurrar o gigante para trás.

Vazio, o avião pesa em média 183 toneladas, mas em um voo de Honduras para Madri, com uma boa ocupação e combustível necessário para a rota, pode chegar a incríveis 335 toneladas. A única coisa certa nessa história é que não foi um trabalho fácil e tampouco seguro, mas foi o que deu para fazer.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile