Equipe de solo salva Boeing 737 de incêndio e é elogiada pelo feito

Uma equipe de solo fez um excelente trabalho na noite deste sábado, 09 de novembro, e agiu rápido após o início de um incêndio no trem de pouso de um Boeing 737NG que acabara de chegar à posição de parada no pátio.

Vídeo Fogo Trem de Pouso 737 SkyUp Egito

O Ministério da Aviação Civil do Egito elogiou o pessoal de terra por reagir rapidamente ao fogo, que surgiu no trem de pouso do Boeing 737-800 da companhia aérea SkyUp Airlines no aeroporto egípcio Sharm el-Sheikh.

A aeronave de matrícula UR-SQH, operando o voo PQ7153 chegando de Zaporizhia, havia acabado de parar em sua posição de estacionamento quando as chamas irromperam na roda principal esquerda.

A SkyUp informou que o voo não teve problemas durante o percurso. Ela afirma que o incêndio foi detectado durante o estacionamento e “rapidamente extinto” pelos funcionários do aeroporto “sem o uso de equipamentos especiais”.

Vídeo capturou o momento exato

Um vídeo de vigilância capturou o momento exato do incidente, mostrando os trabalhadores do pátio pegando extintores de incêndio de veículos de apoio de solo, que aguardavam para atender a aeronave, e enfrentando o incêndio em poucos instantes após o início.

No vídeo de vigilância não há indicação de evacuação imediata da aeronave, e a companhia aérea não esclareceu quanto tempo levou até que os passageiros fossem autorizados a deixar a aeronave.

O Ministério da Aviação Civil egípcio diz que o incêndio “poderia ter se transformado em um desastre”, mas afirma que funcionários da EgyptAir Ground Services agiram “profissionalmente” com o incêndio, impedindo que ele se espalhasse para outras partes da aeronave.

O fogo foi atribuído a um vazamento de óleo hidráulico dos dutos do trem de pouso esquerdo. O óleo entrou em combustão ao cair sobre os freios da aeronave, que ainda estavam bastante quentes devido à frenagem do pouso.

A SkyUp diz que os engenheiros da EgyptAir inspecionaram a aeronave e que será necessário substituir o conjunto esquerdo de rodas e freios.

Equipes de solo fazendo bonito!

Esse é o segundo caso em menos de um mês em que uma equipe de solo é flagrada agindo rápido para evitar maiores consequências de princípios de incêndio em aeronaves.

Em 18 de outubro, o motor número 1 (posição exterior esquerda) de um avião Airbus A380 da Asiana Airlines pegou fogo no pátio do Aeroporto Internacional de Seul Incheon, na Coréia do Sul.

O vídeo do momento do incidente também mostra integrantes da equipe de solo correndo para agir sobre o incêndio e evitar que o mesmo se alastrasse, uma vez que a situação era potencialmente perigosa em função do combustível estocado nos tanques dentro da asa da aeronave.

O vídeo do A380 em chamas pode ser visto na matéria a seguir:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Airbus entrega o 2000º avião da família A320neo

0
A companhia aérea indiana IngiGo, maior operadoras de jatos A320neo no mundo, recebeu a entrega da 2.000ª aeronave da família da Airbus