Escute o que disse o piloto da AZUL antes do primeiro voo do ATR72 na Ponte Aérea

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Como contamos numa matéria anterior, nesse dia 5 de agosto de 2020 a Ponte Aérea Rio – São Paulo, a rota mais movimentada do Brasil e uma das maiores do mundo, passou a ser operada novamente apenas por turboélices após 28 anos.

Trata-se de um momento importante, pois garante a continuidade da rota em seu 61º ano, ainda que a pista principal de Congonhas esteja em obras pelos próximos 32 dias.

O voo de estreia, que carrega o número AD4802, está sendo operado pelo Comandante Guilherme Lima e o Primeiro-Oficial Thiago Biesdorf, na tripulação de cabine, a comissária Kitty e o comissário Romano garantem a segurança dos passageiros.

Antes da decolagem de hoje, o comandante fez um speech especial aos passageiros, ressaltando a importância da manutenção da rota, relembrando os saudosos Electra II como grande símbolo da rota. Ele tamém não poderia deixar de comentar sobre o prêmio que a Azul ganhou na semana passada, quando foi eleita melhor do mundo pelos usuários do site TripAdvisor.

O speech do comandante você ouve na abertura dessa matéria, é só dar play no vídeo (note que seu computador ou celular precisa ser habilitado para acessar o facebook).

Voo acontece agora

Enquanto escrevemos essa matéria, o voo ainda está em curso, sendo operado pelo ATR-72-600 de matrícula PR-AKI, segundo dados do FlightRadar24. Aos interessados em acompanhar o voo, basta acessar esse link, direto para a plataforma de rastreamento.

Atualização: veja a matéria especial sobre como foi o voo.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

O Caribe recupera uma de suas históricas companhias aéreas

0
Companhia aérea com maior presença nas Pequenas Antilhas, a LIAT voltou a operar depois de anunciar o fim dos seus voos em julho passado.