Espaçonave da Airbus que irá até Júpiter chega de Antonov 124 na França

O satélite sendo desembarcado do Antonov 124 – Imagem: Airbus

A nave espacial JUICE (acrônimo da missão JUpiter ICy moon Explorer – Exploradora das luas geladas de Jupiter) construída pela Airbus para a Agência Espacial Europeia (ESA), chegou a Toulouse, na França, de avião. Ela permanecerá lá para montagem final e teste pré-lançamento. Em seguida, será enviada ao Centro Espacial da Guiana, em Kourou, na Guiana Francesa, onde será lançada.

Segundo informações da Airbus, publicadas por nossos parceiros do Aviacionline, a espaçonave JUICE voltou à França após mais de três meses de intensos testes de vácuo termal no centro de testes da ESA em Noordwijk, Holanda.

A sonda foi transportada na terça-feira, 10, de Colônia, na Alemanha, para Toulouse a bordo do avião de fabricação ucraniana Antonov An-124, de matrícula RA-82079, da companhia aérea russa Volga-Dnepr. O movimento costuma ser feito por terra, mas o incomum transporte aéreo foi escolhido para cumprir os prazos do cronograma de lançamento.

Cyril Cavel, Director do projeto JUICE na Airbus, declarou que “esta é a primeira vez que vejo um satélite chegar a Toulouse de avião, o que mostra a importância desta missão para a ESA e a comunidade científica. Mal posso esperar para ver o tremendo progresso que esta missão fará para o conhecimento humano, embora tenhamos de esperar quase 10 anos para que ela chegue a Júpiter.”

Imagem: Airbus

A Airbus agora finalizará a montagem. Entre as etapas pendentes estão a integração dos instrumentos que faltam e a colocação dos grandes painéis solares para depois voar para o espaço interplanetário. Também serão realizados testes ambientais, mecânicos, de implantação e de propulsão.

Equipamento e parâmetros da missão

A espaçonave JUICE pesa quase 6,2 toneladas e consiste em uma plataforma de 10 instrumentos científicos de última geração. Isso inclui câmeras, espectrômetros, um radar de penetração no gelo, um altímetro, um experimento de radiociência e sensores para monitorar campos elétricos, magnéticos e de plasma no sistema de Júpiter.

Seus parâmetros a levarão a viajar pelo sistema de Júpiter, estudando em profundidade três luas: Ganimedes, Europa e Calisto. Sua missão durará quatro anos, contados a partir da chegada ao sistema planetário.

Concepção gráfica da espaçonave JUICE no sistema de Júpiter – Imagem: Airbus

A sonda será lançada em junho de 2022 em um foguete Ariane 5. Após o lançamento, fará vários sobrevoos dos planetas internos do sistema solar, a fim de obter impulso gravitacional suficiente para sua viagem ao sistema de Júpiter. Os sobrevoos serão os seguintes:

1- após o lançamento, voltará a sobrevoar a Terra em maio de 2023;

2- em outubro de 2023, passará por Vênus;

3- voará novamente sobre a Terra em setembro de 2024;

4- Marte em fevereiro de 2025; e

5- nova passagem pela Terra em novembro de 2026.

Em outubro de 2029, ela chegará ao sistema de Júpiter e sobrevoará Ganimedes para se preparar para sua inserção orbital. A primeira aproximação a Júpiter ocorrerá em maio de 2030.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Primeiros testes de voo com combustível SAF nos 2 motores mostram...

0
A Airbus anuncia hoje que as descobertas do estudo pioneiro mundial forneceram resultados iniciais promissores.