Espanha abre as portas e Iberia reativa-se na América Latina; voos ao Brasil estão no plano

A partir de hoje, 7 de junho, o governo espanhol suspendeu algumas restrições à chegada de turistas e, especificamente, de pessoas da América Latina que tenham sido vacinadas com os imunizantes autorizados pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e Organização Mundial da Saúde (OMS). 

A Iberia abraçou esta medida como um ponto de inflexão para reativar seus voos à América Latina. Para tal, e para contribuir para a recuperação económica do turismo, a empresa desenhou um programa de verão no qual recupera rotas e expande a sua oferta de voos, no total, 18 destinos em 16 países latino-americanos terão 90 frequências semanais.

Nesse plano está a cidade de São Paulo, que terá um voo diário. Essas são as rotas, partindo de Madri, e a respectiva quantidade de voos semanais.

(*) Pendente de aprovação governo argentino
(**) Pendente de reabertura da Venezuela 

Víctor Moneo, Diretor Ibérico de Vendas e Acordos Institucionais da LATAM, comentou:

“Este ano a Iberia comemora 75 anos voando para a América Latina e gostaríamos do que comemorar recuperando toda a nossa rede de destinos e frequências. Temos a convicção de que para a recuperação é preciso apostar na América Latina. Voltamos com todas as medidas de prevenção e higiene que garantam a segurança, com uma frota mais moderna e sustentável, e uma ampla rede de ligações porque a Iberia quer continuar a ser a ponte natural entre a América Latina e a Europa”.

Embora os voos para o Brasil estejam planejados, brasileiros não-residentes não podem entrar na Espanha.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias